Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

5 alimentos para reforçar a imunidade com a vitamina D

A vitamina D dá origem a vários hormônios importantes para o corpo e também ajuda a manter a nossa imunidade sempre alta

10 jun 2021 15h47
Compartilhar
Vitamina D: 5 alimentos ricos na substância que vão reforçar a imunidade
Foto: Shutterstock / Sport Life

A vitamina D oferece proteção contra doenças respiratórias e fortalece o sistema imunológico. Ou seja, nos dias atuais, manter seus níveis altos é ainda mais importante. Até porque a deficiência da substância pode diminuir a imunidade, pois ela desempenha um papel de imunomodulação, aumentando as defesas das mucosas. Por isso, a nutricionista Adriana Stavro nos conta mais sobre a importância dela.

"A vitamina D é peça fundamental para o bom funcionamento do nosso organismo como um todo, pois além de atuar na regulação do sistema imunológico, que é nosso sistema de defesa, ela faz parte de todo um processo de tratamento e prevenção, inclusive, de doenças autoimunes, como artrite reumatoide e a esclerose múltipla", declarou.

Publicidade

Além disso, para garantir níveis adequados de vitamina D, o Ministério da Saúde recomenda, além de consumir alimentos fontes, a exposição solar de quinze a vinte minutos pelo menos três vezes por semana, sem protetor solar, até às 10h ou após as 16h.

5 alimentos ricos em Vitamina D

1) 1 colher (sopa) de óleo de fígado de bacalhau — 227% da quantidade diária recomendada

2) 85 g de salmão cozido — 75% da quantidade diária recomendada.

3) 85 g de atum enlatado com água — 26% da quantidade diária recomendada.

Publicidade

4) 85 g de fígado de boi cozido — 7% da quantidade diária recomendada.

5) 1 ovo grande (com gema) — 7% da quantidade diária recomendada.

E se faltar?

Exames de sangue específicos detectam a falta de vitamina D. De acordo com a OMS, há insuficiência quando a concentração é menor do que 30 ng/ml (nanogramas por mililitro de sangue). A insuficiência grave se dá com valores menores a 10 ng/ml. Dosagens iguais ou superiores a 30 ng/ml estão na faixa da normalidade, cujo limite máximo é 100 ng/ml.

Explicando a vitamina D

Vitamina D é o nome geral dado a um grupo de compostos lipossolúveis que são essenciais para manter o equilíbrio mineral no corpo. Vitamina D2 (ergocalciferol: de origem vegetal) e vitamina D3 (colecalciferol: de origem animal) são as formas mais conhecidas.

Publicidade

Chamada de vitamina, a substância é, no entanto, um pró-hormônio, ou seja, dá origem a vários hormônios importantes para o corpo. Sua síntese se dá a partir de uma fração do colesterol, transformada sob a ação dos raios ultravioleta B do sol. Ela também está presente em alimentos — principalmente peixes de água fria -, mas sua concentração neles é muito pequena, o que dificulta atingir as necessidades diárias.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações