Além da TV: 5 livros que Jô Soares escreveu

Multiartista morreu na última sexta-feira, 5, em São Paulo

Foto: EDUARDO NICOLAU/ESTADÃO CONTEÚDO

Jô Soares

Conhecido por ser humorista e apresentador de TV, Jô Soares começou a carreira como redator de humor, escreveu peças de teatro e alguns livros. (01/08)

Foto: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO

O Astronauta Sem Regime

O primeiro livro que publicou sozinho, em 1983, reúne uma série de contos curtos, poesias engraçadas e algumas tiradas características do humor de Jô Soares. (02/08)

Foto: Reprodução/ L&PM

O Xangô de Baker Street

Seu segundo livro pode ser considerado o mais famoso. O romance policial traz o famoso Sherlock Holmes para resolver um crime na cidade do Rio de Janeiro do século 19. (03/08)

Foto: Reprodução/ Companhia das Letras

O Homem que Matou Getúlio Vargas

A comédia conta a história de Dimitri Borja Korozec, assassino profissional que se encontra com diversas figuras históricas entre 1897 e 1954. (04/08)

Foto: Reprodução/ Companhia das Letras

Assassinatos na Academia Brasileira de Letras

O Rio de Janeiro de 1924 passa a ser palco de uma série de assassinatos. Os imortais da ABL são mortos com técnicas ainda não conhecidas e um veneno que corrói os órgãos rapidamente. (05/08)

Foto: Reprodução/ Companhia das Letras

As Esganadas

O livro retrata uma série de assassinatos perpetrados contra vítimas gordas, e subverte o gênero policial ao revelar logo no começo quem é o assassino. (06/08)

Foto: Reprodução/ Companhia das Letras

Outras obras

Jô Soares ainda colaborou em outras obras, como 'O Astronauta Sem Regime' e sua autobiografia - esta lançada em dois volumes, em 2017 e 2018. (07/08)

Foto: Reprodução/ Companhia das Letras

Acompanhe o Terra

Diariamente o Terra traz conteúdos para você se manter informado. Acesse o site e nos siga nas redes sociais. (08/08)

Foto: TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO CONTEÚDO