Duplas perfeitas: Alimentos que mais combinam na culinária

Existem alimentos que parecem feitos uns para os outros. Como o pão e a manteiga. Quem não gosta de um pão quentinho com manteiga?

Foto: Reprodução do site clikaki.com.br/

Algumas combinações são mais saudáveis; outras nem tanto. Mas todas se destacam no menu pelo casamento perfeito. Veja outras duplas da culinária que conquistaram o gosto da maioria dos consumidores.

Foto: Freepik

Feijão e arroz - Clássico.

Foto: Reprodução do site br.toluna.com/opinions

O feijão tem proteína vegetal, cálcio, potássio, fósforo e é ótima fonte de ferro. O arroz tem sais minerais, fibras e aminoácidos. Ambos têm carboidratos e vitaminas do complexo B. Juntos, fazem um prato nutritivo e delicioso. Algumas pessoas gostam de acrescentar uma farofinha...

Foto: Felipe Spina wikimedia commons

Abóbora e carne seca

Foto: Reprodução do site anamariabrogui.com.br/receita/

O sabor adoçicado da abóbora combina com o sal da carne seca, num prato bonito e nutritivo. A abóbora é rica em potássio e sua coloração se deve aos carotenoides, que se transformam em vitamina A. Já a carne seca tem alta concentração de proteína, zinco e selênio, com propriedades antioxidantes.

Foto: reprodução ipanemapitanga.blogspot

Rabada e agrião

Foto: Reprodução do site br.recepedia.com/receita/carne/

A rabada tem micronutrientes dos ossos e é ótima fonte de colágeno, que fortalece tendões e articulações. O agrião tem vitamina C e magnésio. O segredo é guardar o caldo da fervura e depois colocá-lo de volta quando a rabada já estiver refogada. O agrião só entra já com o fogo desligado: fica 5 minutos na panela tampada.

Foto: reprodução br.pinterest.com

Pernil e abacaxi

Foto: Reprodução do site cozinhabook.com.br/

A carne suína tem menos gordura que a bovina, mas mantém as proteínas, vitaminas do complexo B e ferro. O abacaxi tem vitamina C e potássio. Além de combinar o sabor, o abacaxi umedece a carne suína magra.

Foto: reprodução comidaereceitas.com.br

Tomate e muçarela de búfala

Foto: Reprodução do site expertbr.com.br/blog/detalhes

Esta muçarela (com ç, não com ss, como a maioria pensa) é feita de leite de búfala. Tem 48% de proteína e 50% de cálcio a mais que o queijo convencional, e baixo índice de sódio. Combina bem com tomate, rico em vitaminas e sais minerais, e pouco calórico (o que compensa o elevado teor de calorias do queijo).

Foto: reprodução cozinhatecnica.com

Macarrão e almôndegas

Foto: timolina - freepik

A almôndega tem proteínas e é rica em zinco. Mas peca pelas taxas de gordura (9g a cada 100g do alimento) e sódio (550mg). O macarrão ideal para esse prato é o espaguete ou o penne, de preferência al dente (cozido, mas sem deixar ficar mole)

Foto: reprodução panelinha.com

Purê de batata e carne moída

Foto: Reprodução de site http://dutgreen.com.br/wp-content/uploads

A melhor carne para moer é o acém. Fica mais suculenta (por causa dos lipídeos) do que uma carne mais nobre, como o filé. A proteína animal combina bem com o purê de batata, que pode ficar mais ou menos gorduroso conforme a quantidade de manteiga na mistura. A batata é rica em niacina e potássio. E dá energia.

Foto: reprodução nutrivitae.com.br

Chuchu e camarão - Chuchu costuma ser sinônimo de "sem graça". Mas experimente colocar camarões.

Foto: Reprodução do site bomboxfood.com.br

Justamente por não ter sabor pronunciado, o chuchu absorve o gosto do camarão, equilibrando o prato. O camarão tem todos os aminoácidos necessários ao organismo. É ótima fonte de ômega 3. O chuchu tem vitaminas, cálcio e potássio.

Foto: reprodução pt.petitchef.com

Bife e batata frita

Foto: Reprodução do site tudoreceitas.com/receita

Junta a proteína da carne com as propriedades energéticas da batata. Quem não quer fritura pode grelhar a carne e colocar a batata no AirFryer, sem óleo. Há quem substitua a carne por hamburguer, que também combina com batata frita, mas é mais calórico e menos nutritivo.

Foto: reprodução br.pinterest.com

Fígado e cebola - Quem imaginaria fazer fígado sem as rodelas de cebola? É praticamente "obrigatório".

Foto: YouTube/Alessandra Santos Pastel

A melhor forma de fritar o fígado é no azeite. A cebola entra quando o fígado está quase pronto, para ficar dourada sem tostar. O fígado é tão forte que médicos indicam para casos de anemia. A cebola tem vitaminas e sais minerais, com poder anti-inflamatório

Foto: reprodução tudogostoso.com.br

Uma feijoada pode incluir diversos salgados. Geralmente, lombo, carne seca, paio e pé de porco. Nutritiva, mas uma comida pesada, boa para ser consumida esporadicamente. A couve à mineira, bem fininha, é acompanhamento tradicional (rico em fibras, vitaminas e sais minerais).

Foto: Reprodução do site nutrisaborcongelados.com.br/produto/feijoada-arroz-couve-farofa

Acompanhe o Terra

Diariamente o Terra traz conteúdos para você se manter informado. Acesse o site e nos siga nas redes.

Foto: Reprodução do site clikaki.com.br/