Mais de 1.000 cursos com certificado por menos de R$0,70 por dia.

Confira 6 carros que chegarão ao Brasil ainda em 2021

Hyundai, Volkswagen, Fiat, Jeep, Citroën e Honda terão novidades ainda este ano para o público brasileiro

10 mai 2021 08h00
Compartilhar

Após cinco meses de 2021, o mercado automotivo já teve algumas novidades importantes este ano. Dentre elas, o inédito Toyota Corolla Cross e o Jeep Compass reestilizado, que ganhou um novo motor 1.3 turbo e um interior renovado. Ainda no segmento de SUVs, a Nissan apresentou o Kicks reestilizado, que ganhou novidades no design externo, mas não teve os preços alterados.

No entanto, algumas montadoras ainda preparam algumas novidades para este ano. É o que revela o levantamento do IHS Markit, que foi publicado pelo site Automotive Business. O estudo antecipa as datas de produção de chegada dos principais lançamentos do mercado brasileiro em 2021 e o início de 2022. Confira seis carros inéditos que chegarão ao Brasil ainda este ano.

Publicidade
Volkswagen Taos.
Foto: Divulgação

Volkswagen Taos
Produzido na Argentina, o Volkswagen Taos deve ser lançado no Brasil ainda em maio deste ano. Já antecipado pela Volkswagen, o modelo será posicionado entre os modelos T-Cross e Tiguan -- este, aliás, perdeu as versões de entrada, e é oferecido agora apenas na topo de linha R-Line, com sete lugares.

O Volkswagen Taos é construído sobre a plataforma modular MQB, e terá a princípio, apenas o motor 1.4 TSI de 150 cv e 250 Nm. Ele será concorrente do Jeep Compass e do Toyota Corolla Cross, e deverá custar entre R$ 140 mil e R$ 170 mil. As primeiras unidades do Taos já chegaram às concessionárias da Volkswagen no país, o que indica a proximidade do lançamento.

Novo Hyundai Creta.
Foto: Divulgação

Hyundai Creta
Um dos principais lançamentos do ano, a segunda geração do Hyundai Creta tem chegada prevista para junho. Assim como o modelo atual, o novo Creta será feito na fábrica da marca em Piracicaba (SP), e terá um visual totalmente novo por dentro e por fora, que será basicamente o mesmo de mercados como o México e a Índia.

Além disso, o SUV da Hyundai pode ganhar a opção de motor 1.0 turbo TGDI que estreou na linha HB20 em 2019. Ele oferece 120 cv de potência e 172 Nm de torque, e deve ser utilizado nas versões topo de linha do novo Hyundai Creta. As demais configurações devem manter os atuais 1.6 e 2.0 já utilizados na geração atual.

Publicidade
Fiat Pulse / Domo / Tuo.
Foto: Divulgação

Fiat Progetto 363
O primeiro SUV nacional da Fiat teve o visual revelado na última terça (4), na final do reality Big Brother Brasil. Baseado no hatch Argo, o Progetto 363 terá o nome oficial escolhido através de uma enquete no site da marca italiana. As opções são: Fiat Pulse, Fiat Tuo ou Fiat Domo. De acordo com o IHS Markit, o SUV será lançado em agosto deste ano.

Ele será o primeiro modelo do grupo Stellantis equipado com o motor 1.0 Firefly turbo flex, que terá em torno de 125 cv de potência. Além do Progetto 363, a Fiat prepara outro SUV para o Brasil. Trata-se do Progetto 376, que também será baseado no Argo. No entanto, o segundo SUV terá carroceria cupê, e deve ser lançado no Brasil somente em 2022.

Jeep Grand Cherokee: inspiração para o Comander.
Foto: Divulgação

Jeep de 7 lugares
Com previsão de chegada para agosto deste ano, o futuro Jeep de 7 lugares será o terceiro modelo da marca americana produzido no Brasil. Dentre os possíveis nomes para o SUV, o mais provável é que o modelo se chame Jeep Commander. Ele será produzido em Goiana (PE), e terá grande parte do interior e dos equipamentos iguais ao novo Jeep Compass.

Sob o capô, o futuro Jeep de 7 lugares também será idêntico ao irmão menor Compass. Ele poderá ser equipado com o motor 2.0 turbodiesel de 170 cv e 350 Nm ou com o novo 1.3 turbo de 185 cv e 270 Nm. Já o visual externo será inédito, com linhas inspiradas no novo Grand Cherokee.

Publicidade
Novo Citroën C3.
Foto: Kleber Silva / KDesign

Citroën CC21
Com lançamento previsto para setembro, o novo Citroën CC21 será a principal aposta da marca francesa para 2021. Ele será uma espécie de hatch compacto com elementos de SUV. Dentre os rumores, o novo modelo se chamará C3, e será produzido em Porto Real (RJ). Construído sobre a plataforma modular CMP, a mesma do Peugeot 208, ele deve ser equipado inicialmente com o motor 1.6 aspirado de 118 cv.

O novo Citroën será a principal ficha da reconstrução da marca francesa no Brasil. Atualmente, ela só conta com o modelo C4 Cactus em seu portfólio, além da van Jumpy, que é um veículo comercial. Nos quatro primeiros meses de 2021, a Citroën vendeu 4.682 unidades no acumulado. A marca francesa detém 0,71% do mercado e está em 14º no ranking de automóveis e comerciais leves. Segundo os planos da Stellantis, a expectativa é colocar a Citroën de volta no top 10 de vendas e retomar o patamar de 2011, melhor ano da marca no Brasil.

Honda City Hatchback.
Foto: Divulgação

Honda City hatch
A Honda prepara o inédito City hatch para o Brasil. Ele será o substituto do Fit como modelo de entrada da marca no país. O Honda City hatch foi apresentado mundialmente no final do ano passado, e será oferecido em mercados emergentes. Ele terá a produção iniciada em novembro em Itirapina (SP), e chegará ao mercado em dezembro. Já o modelo sedã deve estrear somente no início de 2022.

No entanto, esse cronograma pode atrasar. O levantamento do IHS Markit indica que tudo dependerá da oferta de componentes como semicondutores -- que estão em escassez no mercado atualmente -- e também da situação da pandemia no país. Caso a situação não se normalize até o fim do ano, o Honda City deve atrasar. Sob o capô, o modelo inédito deve manter o atual 1.5 aspirado que equipa os City e Fit atuais, assim como o câmbio tipo CVT.

Publicidade
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações