Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Vídeo mostra briga que terminou com morte de menino de 13 anos

Caso ocorreu próximo a colégio em Apucarana, no interior do Paraná, e segue sob a investigação da Polícia Civil

23 jun 2022 - 18h08
(atualizado às 18h10)
Compartilhar
Video Player

Um vídeo gravado com celular mostra o início da briga que terminou com a morte do estudante Alekson Ricardo Kongeski, de 13 anos. A vítima morreu após ser agredida por outros adolescentes que estudavam na mesma escola que ele. A Polícia Civil ainda investiga a causa da morte e o que motivou a discussão.

O caso ocorreu próximo ao colégio em que Alekson e os envolvidos frequentavam, em Apucarana, interior do Paraná. Segundo divulgado pelo Jornal Meio-Dia, da RPC, afiliada à Rede Globo na região, a briga aconteceu na noite desta terça-feira (21), logo após o fim da aula. 

Publicidade

O início da briga foi filmado (veja acima) e mostra que um adolescente empurrou o outro, que revida com socos. Mas a gravação logo é interrompida. No vídeo também é possível ver que diversos adolescentes acompanhavam a discussão e alguns chegaram a dar gritos incentivando a agressão. 

Pouco depois do vídeo ser feito, o menor caiu no chão desacordado e morreu antes de chegar ao hospital. O tio relatou ao Jornal Meio-Dia que a vítima havia saído da aula e estava voltando para casa quando tudo ocorreu. 

Em nota, a PC-PR afirmou ao Terra que segue investigando o caso e aguarda laudos que irão apontar a causa da morte. Informa também que testemunhas estão sendo ouvidas pela equipe policial. 

Menino de 13 anos morre após ser agredido por adolescentes da mesma escola
Menino de 13 anos morre após ser agredido por adolescentes da mesma escola
Foto: Reprodução/RPC/Facebook

Família doou órgãos da vítima

Após a morte do adolescente, a família autorizou a doação de órgãos da vítima. Nas redes sociais, muitos familiares lamentaram o ocorrido e pediram por justiça. "Vai em paz meu anjinho, que Deus conforte nossos corações, você sempre será lembrado pelo menino amoroso, educado, menino de ouro, vai encontrar minha mamãe aí em cima que gostava tanto de você", publicou uma familiar. 

Publicidade

O que diz o delegado

O delegado Felipe Ribeiro Rodrigues, que está à frente da investigação, aponta para uma briga por motivos banais. "O que se apurou é que já havia uma certa desavença entre a vítima e um dos envolvidos", disse ele em entrevista ao jornal.

Segundo o delegado, a vítima teria caido após sofrer um mal súbito, mas ainda é necessário aguardar o laudo do Instituto Médico Legal (IML). 

"Eles vão responder pelos fatos cometidos em natureza culposa, quando não se tem intenção de matar. Mas essa responsabilidade será condicionada a determinação da causa da morte, porque se comprovar que ele morreu por conta de uma comorbidade que era anterior ao fato, e que não era de conhecimento dos próprios envolvidos, há probabilidade que nem por isso eles sejam responsabilizados. Mas ainda é prematuro se dar qualquer certeza", disse a autoridade policial. 

O colégio determinou luto nesta quarta devido ao ocorrido. A Polícia Civil informou à Rádio 98FM Apucarana, veículo local que está acompanhando o caso, que já identificou os seis responsáveis pelas agressões que provocaram a morte da vítima. São quatro adolescentes de 15 anos, um de 14 e outro de 12.

Publicidade

O caso teve grande repercussão na cidade e moradores também pediram justiça pela morte de Alekson.

Moradores pedem por justiça pela morte de adolescente de 13 anos
Foto: Reprodução/Facebook

 

Fonte: Redação Terra
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações