Trump diz que estudantes estrangeiros formados em faculdades nos EUA deveriam receber green card

20 jun 2024 - 21h36

O candidato presidencial republicano dos Estados Unidos Donald Trump sugeriu nesta quinta-feira que os estudantes graduandos em faculdades norte-americanas deveriam receber um green card para permanecer no país, uma proposta que vai contra sua postura rígida em relação à imigração.

Durante o podcast All-In, conduzido por investidores de tecnologia do Vale do Silício, o investidor-anjo Jason Calacanis disse a Trump que os EUA precisam poder reter legalmente mais trabalhadores altamente qualificados, uma questão crucial para a indústria de tecnologia.

Publicidade

"Você pode nos prometer que nos dará mais capacidade de importar os melhores e mais brilhantes do mundo para a América?", perguntou Calacanis.

"Eu prometo", disse Trump. "Mas eu concordo, caso contrário eu não prometeria... Você se forma em uma faculdade, acho que você deveria receber automaticamente, como parte do seu diploma, um green card para poder ficar neste país, e isso inclui também faculdades comunitárias."    O green card permite que indivíduos vivam e trabalhem permanentemente nos EUA e é um caminho para obter a cidadania.

Não ficou claro se Trump estava se referindo a todos os estrangeiros, incluindo aqueles que entraram nos EUA ilegalmente ou permaneceram após o prazo de seus vistos, ou apenas àqueles que possuem vistos de estudante.

Ao ser questionada para comentar, a campanha de Trump disse em um comunicado que somente após "o processo de avaliação mais agressivo da história dos EUA" os "graduados mais habilidosos que possam fazer contribuições significativas para a América" poderiam permanecer.

Publicidade

Um dos defensores da imigração nos EUA não foi convencido pela proposta de Trump.

"Eu quase dou risada, porque o governo dele adotou várias políticas com o objetivo de restringir vistos de estudante e dificultar a permanência das pessoas no país após se formarem", disse Aaron Reichlin-Melnick, diretor de políticas do American Immigration Council.

Durante seu mandato de 2017 a 2021, o governo Trump tomou medidas para frear a contratação de trabalhadores estrangeiros qualificados por empresas norte-americanas com vistos H-1B, uma opção importante para estudantes internacionais que desejam permanecer nos EUA.

Trump tem prometido uma grande repressão no tema se reeleito nas eleições de novembro contra o democrata Joe Biden e criticado os esforços do presidente norte-americano para conter o número recorde de imigrantes que entram ilegalmente nos EUA.

Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações