Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Polícia iraniana entra em confronto com manifestantes em protesto contra falta de água

26 nov 2021 20h30
Compartilhar

As forças de segurança iranianas usaram gás lacrimogêneo, cassetetes e, aparentemente, tiros de chumbinho, nesta sexta-feira, durante confrontos com manifestantes que protestavam na cidade de Isfahan em apoio a agricultores irritados com a falta de água, segundo agências de notícias iranianas e postagens nas redes sociais.

Vídeos postados nas redes sociais mostraram policiais na cidade central do Irã aparentemente abrindo fogo com tiros de chumbinho no leito seco do rio Zayandeh Rud, o maior rio da região afetada pela seca, e nas ruas próximas.

Publicidade

A agência de notícias semioficial Fars informou que os manifestantes atiraram pedras e incendiaram uma moto da polícia e uma ambulância. "Eles estão em grupos de 40-50 nas ruas ao redor da ponte Khaju e são estimados em cerca de 300", disse a Fars.

A TV estatal mostrou a polícia disparando gás lacrimogêneo contra manifestantes reunidos no leito seco do rio. De acordo com vídeo postado nas redes sociais, manifestantes gritaram de volta: "Vergonha!"

Vídeos de mídia social mostraram vários manifestantes feridos, pelo menos um com ferimentos aparentes de tiros. Não houve relatos confirmados sobre o número de feridos, e a Reuters não pôde verificar os vídeos de forma independente.

O chefe da polícia da província de Isfahan, Mohammad Reza Mirheidari, disse à TV estatal que um número não especificado de manifestantes e policiais ficou ferido nos confrontos e que um número "limitado" de manifestantes foi detido.

Publicidade
Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações