Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Caças F-15 dos EUA ficam em países bálticos até o final da semana que vem

26 jan 2022 12h24
Compartilhar

Seis jatos F-15 norte-americanos aterrissaram em uma base na Estônia nesta quarta-feira para um destacamento de uma semana e meia, enquanto a aliança militar transatlântica Otan reforça seu flanco oriental por conta das tensões com a Rússia por conta da Ucrânia. 

A Otan disse na segunda-feira que está colocando suas forças de prontidão e reforçando a Europa oriental com mais navios e aviões de guerra, um movimento classificado pela Rússia como uma "histeria" ocidental em resposta ao acúmulo de forças na fronteira com a Ucrânia. 

Publicidade

O anúncio de segunda-feira não mencionou o envio de caças norte-americanos à Estônia. 

"Os seis caças ficarão até o fim da semana que vem", disse um porta-voz na base aérea de Amari, na Estônia. 

Os F-15s irão aprimorar a missão da Otan de policiamento aéreo do Mar Báltico, afirmou o Comando Aéreo Aliado da Otan. 

Estônia, Letônia e Lituânia, os países bálticos que já foram comandados por Moscou mas que hoje integram a Otan e a União Europeia, não operam caças e dependem da Otan para o policiamento de seus espaços aéreos. 

Publicidade

A Otan já havia anunciado anteriormente que a Dinamarca vai destacar quatro caças F-16 para uma base próxima lituana em Siauliai, na quinta-feira. 

Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações