Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Coreia do Norte confirma teste de míssil hipersônico

Disparo atingiu um alvo a 700 quilômetros de distância; Estados Unidos condenaram lançamento e pediram volta ao diálogo

6 jan 2022 09h08
| atualizado às 09h49
Compartilhar
Lançamento de míssil hipersônico na Coreia do Norte
Lançamento de míssil hipersônico na Coreia do Norte
Foto: EPA / Ansa - Brasil

O governo da Coreia do Norte diz ter testado com sucesso um míssil hipersônico na última quarta-feira (5), no segundo lançamento de um projétil desse tipo desde setembro.

De acordo com a imprensa estatal do país comunista, o disparo atingiu um alvo a 700 quilômetros de distância e "reconfirmou o controle e estabilidade do míssil no estágio de voo ativo e o desempenho da nova técnica de movimento lateral aplicada para destacar a ogiva hipersônica".

Publicidade

Mísseis hipersônicos se movem mais rápido - acima da velocidade do som - e de forma mais ágil que modelos padrão, tornando mais difícil sua interceptação por sistemas de defesa antiaérea.

Os Estados Unidos condenaram o teste balístico e cobraram que Pyongyang volte à mesa de negociações. "Esse lançamento é uma violação de múltiplas resoluções do Conselho de Segurança da ONU e representa uma ameaça para os vizinhos da República Democrática Popular da Coreia e a comunidade internacional", diz o Departamento de Estado americano.

As conversas entre os dois países estão travadas desde fevereiro de 2019, quando o então presidente Donald Trump abandonou de forma abrupta uma cúpula bilateral com Kim Jong-un em Hanói, no Vietnã, e não avançaram após a posse de Joe Biden.

O líder norte-coreano exige o fim das sanções internacionais para desmantelar seu principal complexo nuclear, mas os EUA querem que Pyongyang abra mão de todo o seu arsenal atômico. 

Publicidade
  
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações