Aeronave que transportava vice-presidente do Maláui e outras nove pessoas desaparece

10 jun 2024 - 16h42

Uma aeronave transportando o vice-presidente do Maláui, Saulos Klaus Chilima, e outras nove pessoas desapareceu, disse a presidência do país do sul da África nesta segunda-feira. 

Chilima, 51 anos, estava a bordo de uma aeronave militar que deixou a capital Lilongwe às 9h17, (4h17 em Brasília), segundo o gabinete da Presidência, que informou que operações de busca e resgate estavam em andamento. 

Publicidade

"Todas as tentativas de autoridades de aviação de fazer contato com o avião desde que ele sumiu do radar falharam até agora", disse, em um comunicado. 

O avião deveria ter aterrissado no Aeroporto de Mzuzu às 10h02, segundo o comunicado. 

O ministro da Informação do Maláui, Moses Kunkuyu, disse à emissora estatal MBC que as operações de busca haviam sido intensificadas. 

Chilima, considerado um possível candidato na eleição presidencial do próximo ano, foi preso em 2022 por acusações de corrupção. 

Publicidade

No entanto, um tribunal do Maláui abandonou as acusações contra ele no mês passado, após o diretor do Ministério Público apresentar uma notificação para que o caso fosse interrompido. Chilima negou irregularidades. 

Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações