Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Irmãos de 6 e 8 anos passam 26 dias perdidos na Amazônia

As duas crianças sobreviveram bebendo água da chuva; elas foram transferidas nesta quinta-feira, 17, para Manaus (AM)

17 mar 2022 - 14h49
Compartilhar

Duas crianças sobreviveram depois de 26 dias perdidos na floresta amazônica. Os irmãos Glauco e Cleisson Ferreira, de 6 e 8 anos respectivamente, saíram para caçar pássaros, mas se perderam na mata da zona rural do município de Manicoré, a 332 quilômetros de Manaus. Eles foram encontrados na noite de terça-feira, 15, por um grupo de homens que cortava árvores para abrir caminho dentro da mata, a a seis horas de lancha da aldeia onde moram com os pais.   

“Por um milagre de Deus essas crianças reapareceram. É algo surreal, inacreditável. São os verdadeiros espíritos da floresta que protegeram essas crianças e trouxeram elas de volta com vida. É inexplicável o que aconteceu”, disse Januário da Cunha Neto, coordenador do Distrito Sanitário Indígena na região, ao Amazonas Atual.   

Publicidade

Da etnia mura, os pequenos indígenas não se alimentaram durante o período e sobreviveram consumindo apenas água da chuva. Eles apresentam um quadro de desnutrição e foram transferidos nesta quinta-feira, 17, para a capital do estado. O voo de Manicoré à Manaus levou cerca de 40 minutos, após avaliação médica foi descartada a necessidade de internação na UTI, mas os irmãos irão permanecer no hospital para recuperar peso. 

Garotos são do município de Manicoré (AM) e foram transferidos para a capital do estado
Garotos são do município de Manicoré (AM) e foram transferidos para a capital do estado
Foto: Reuters

Glauco e Cleisson sumiram no dia 18 de fevereiro, poucas horas após o desaparecimento foram realizadas buscas durante cinco dias. Nós éramos muita gente, nós éramos 260. Não conseguimos. Estava entre PM, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Funai, mas não conseguimos", contou o pai dos garotos, Claudionor Ferreira, ao Jornal Hoje

 

Fonte: Redação Terra
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações