Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Endividamento das famílias bate novo recorde na pandemia, mostra BC

Indicador atingiu 58,5% em abril, no nível mais alto da série histórica, iniciada em janeiro de 2005

28 jul 2021 10h38
| atualizado às 12h17
Compartilhar

BRASÍLIA - A crise econômica trazida pela pandemia de covid-19 fez o endividamento das famílias bater novo recorde no Brasil. Dados divulgados nesta quarta-feira, 28, pelo Banco Central mostram que, em abril, o endividamento das famílias com o sistema financeiro chegou aos 58,5%. Esse é o maior porcentual da série histórica, iniciada em janeiro de 2005.

O cálculo do BC leva em conta o total das dívidas bancárias dividido pela renda das famílias no período de 12 meses. Como incorpora dados da Pesquisa Nacional de Amostragem Domiciliar (Pnad) contínua e da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), ambas do IBGE, o porcentual tem certa defasagem. Por isso o resultado divulgado agora é de abril.

Publicidade
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações