Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Formação de ciclone provoca vento forte no Sul do Brasil

Rajadas de vento de nuvens cumulonimbus passaram dos 100 km/h ontem

26 nov 2021 03h51
Compartilhar

A intensificação de uma área de baixa pressão atmosférica sobre o Rio Grande do Sul gerou a formação de uma forte linha de instabilidade (conjunto de nuvens do tipo cumulonimbus que se deslocam juntas, de forma alinhada e organizada), que provocou intensas rajadas de vento sobre o Sul do Brasil na quinta-feira, 25 de novembro de 2021.

Na animação das imagens da nebulosidade sobre o Sul do Brasil captadas pelo satélite GOES 16, as nuvens com potencial para a ventania aparecem em tom de vermelho. 

Publicidade

As intensas rajadas de vento causaram estragos em cidades gaúchas como queda de árvores e interrupção da energia elétrica. Houve queda de granizo, conforme relato nas redes sociais.

 

Foto: Climatempo

Nuvens carregadas (em vermelho) provocaram rajadas de vento entre 80 e 115 km/h no Sul do Brasil em 25/11/2021

 

Ventania passa de 100 km/h no Sul do Brasil

O aeroporto de Chapecó, cidade do oeste catarinense, registrou uma rajada com 115 km/h, às 19h15 da noite desta quinta-feira, 25 de novembro. No fim da tarde, pouco antes das 18 horas, o aeroporto de Canoas, no sul do Rio Grande do Sul, teve rajada de 109 km/h. 

Outras localidades  gaúchas e do Paraná registraram rajadas entre 90 km/h e quase 100 km/h, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia em 25/11/2021 .

Publicidade

Soledade (RS): 98 km/h entre 15h e 16h

Marechal Cândido Rondon (PR): 95 km/h entre 14h e 15h

Chapecó (SC): 85 km/h entre 19h e 20h

Clevelândia (PR): 84 km/h entre 18h e 19h e entre 19h e 20h

Publicidade

Campo Bom (RS): 81 km/h 17h e 18h

Formação de ciclone

A baixa pressão atmosférica que se intensifica no Rio Grande do Sul gera um ciclone que vai ficar próximo da costa gaúcha e catarinense nas próximas 48 horas. Até o sábado, podem ocorrer fortes rajadas de vento no Sul do Brasil. Confira o alerta especial.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações