Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

URGENTE: Vulcão Cumbre Vieja entra em erupção nas Ilhas Canárias

Vulcão Cumbre Vieja pode provocar tsunami na costa brasileira? Confira as análises dos especialistas!

16 set 2021 23h42
| atualizado em 19/9/2021 às 15h54
Compartilhar

Foto: Reprodução

Na última quinta-feira (16), a notícia de um possível tsunami na costa do Brasil gerou alarde e foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais. O motivo foi o vulcão Cumbre Vieja, que teve um rápido aumento das atividades sísmicas e chamou a atenção de especialistas. O vulcão fica na ilha de La Palma, nas Canárias, a cerca de 500km da costa africana, a baixas latitudes - próximo ao Marrocos. 

Publicidade

URGENTE: Vulcão Cumbre Vieja entra em erupção nas Ilhas Canárias

Neste domingo, 19 de setembro, o vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção nas Ilhas Canárias, às 11h12 pelo horário de Brasília(15h12, horário local).  Por enquanto, especialistas dizem que não há alerta para tsunami. A erupção, até o momento, é de pequeno porte.

O vulcão Cumbre Vieja é o mais ativo das Ilhas Canárias

A ilha de La Palma é a quinta maior das oito ilhas que compõem o arquipélago das Ilhas Canárias e a segunda mais alta. Ela é composta por dois vulcões, entre eles o Cumbre Vieja, localizado mais a sul. "Se a gente analisar a história eruptiva das ilhas de todo o arquipélago, as atividades vulcânicas começaram há algumas centenas de milhares de anos. Desde meados dos anos 1400, houve 13 eventos eruptivos, sendo 6 deles registrados na ilha La Palma e relacionados ao Cumbre Vieja", explica Letícia, geóloga e vulcanóloga da Universidade de São Paulo (USP). Com isso, o vulcão é considerado o mais ativo das Ilhas Canárias. 

O complexo vulcânico de Cumbre Vieja não entrava em erupção desde 1971 e voltou a ser notícia neste domingo(19) ao entrar em erupção novamente. No entanto, o vulcão só poderia ser capaz de gerar deslizamentos e provocar um tsunami na costa brasileira, se atingisse o nível mais alto de atividade vulcânica, a chamada erupção explosiva. Porém, até o momento, como a erupção é de pequeno porte, os especialistas afirmam que o risco é baixo.

Cuidado com as notícias alarmistas!

Em tempos de fake news, é importante que você sempre procure informação em portais de credibilidade. No caso de vulcões, a melhor fonte são os órgãos oficiais, responsáveis pela observação e divulgação de qualquer alteração nos parâmetros.

Publicidade

Faça sua parte e fuja de notícias sensacionalistas!

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações