Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Ar seco e baixa umidade relativa do ar no Brasil

A chuva ainda continua concentrada nos extremos do país. A semana será marcada por tempo firme e seco na maior parte do Brasil. Confira!

3 jul 2022 - 12h47
Compartilhar

Grande parte do centro e interior do Brasil, continuam sob influência do ar seco, que impede a formação de nuvens carregadas. A semana será marcada por tempo firme em áreas do Sul, parte do interior do Nordeste, faixa sul do Norte do país e nas Regiões Centro-Oeste e Sudeste.

A falta de chuva ascende novamente o risco para queimadas, principalmente em Mato Grosso e no estado do Tocantins, onde o número de focos vem crescendo nos últimos dias. O último relatório divulgado pelo INPE -  Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, no dia 2 de julho, mostra que só em Mato Grosso já são cerca de 127 focos e no Tocantins, 101 focos de queimadas. 

Publicidade
Foto: Climatempo

Foto: Getty Images 

Ar seco e baixa umidade do ar no Brasil

A maior parte do Brasil continua com baixa umidade relativa do ar está semana. As temperaturas continuam amenas ao amanhecer, mas aos poucos com a presença do sol, volta esquentar e a umidade do ar entra em declínio no período da tarde. 

Índices inferiores a 20% em grande parte do interior e oeste de Goiás, áreas do leste de Mato Grosso, norte de Mato Grosso do Sul, extremo oeste de Minas Gerais e São Paulo. Mas, a maioria do centro do país, com umidade abaixo de 30%.

Atenção para baixa umidade do ar!

Publicidade
Foto: Climatempo

Tempo seco e saúde

Com o ar seco, as doenças alérgicas do trato respiratório também são facilitadas e ambientes mais poeirentos incomodam bastante o nariz e os olhos. Com temperaturas mais elevadas e ar bastante seco, como no caso de boa parte do interior do país durante o inverno, a sudorese é facilitada e se perde facilmente maior quantidade de líquidos pela transpiração.

Onde chove?

 

Enquanto grande parte do país continua sob influência do ar seco, a chuva segue concentrada em áreas do Norte, estados como Amazonas, Roraima, oeste e norte do Pará e Amapá, com pancadas de chuva forte nos próximos dias.

Um novo episódio de ondas de leste provoca muita chuva no litoral do Nordeste, atenção para grandes acumulados entre o leste do Rio Grande do Norte e da Paraíba. A situação é muito crítica porque já choveu muito nos últimos dias nessas regiões. Há potencial para mais alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra.

O estado do Rio Grande do Sul, também pode receber chuva forte esta semana. Uma mudança no padrão da circulação dos ventos aumenta a nebulosidade em áreas do oeste e extremo sul do estado e as pancadas de chuva acontecem em vários momentos. As instabilidades continuam concentradas nestas regiões, mas a partir de quinta-feira (07), com a passagem de uma frente fria a chuva se espalha mais pelo estado gaúcho.

Publicidade

Confira abaixo o acumulado de chuva para o Brasil

Foto: Climatempo

Chuva acumulada de 03/07/2022 a 07/07/2022

Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações