Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

ESA usa Monte Etna para testar futuro rover lunar

Simulação começou em 12 de junho e vai até 9 de julho

27 jun 2022 - 13h45
(atualizado às 14h51)
Compartilhar

A Agência Espacial Europeia (ESA) está usando o Monte Etna, vulcão ativo de maior altitude na Europa, para testar seu futuro rover destinado a explorar a Lua, o "Interact".

Vista da cratera do Monte Etna, na região italiana da Sicília
Vista da cratera do Monte Etna, na região italiana da Sicília
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

A simulação está em curso desde 12 de junho e vai até o dia 9 de julho, sob coordenação do Centro Aeroespacial da Alemanha (DLR) e com participação da ESA, responsável pelo robô.

Publicidade

O Etna, vulcão situado na ilha italiana da Sicília, foi escolhido para o teste devido às suas similaridades com a superfície da Lua. O objetivo da simulação é verificar o funcionamento do rover em vista da futura implantação da Lunar Gateway, estação espacial que vai orbitar o satélite natural.

Durante o exercício, o astronauta da ESA Thomas Reiter controla o veículo - que foi colocado a 2,6 mil metros de altitude - a partir de Catânia, a 23 quilômetros de distância, simulando a situação que os ocupantes da Gateway vão encontrar.

O Interact já havia sido testado em 2019, quando foi controlado pelo astronauta italiano Luca Parmitano de dentro da Estação Espacial Internacional (ISS), mas, desde então, o equipamento já recebeu diversas atualizações.

Fruto de uma parceria da ESA com a Nasa e as agências espaciais do Canadá e do Japão, a Gateway deve ser lançada para a órbita da Lua em 2024 e terá papel crucial no programa Artemis, que planeja estabelecer uma presença humana de longo prazo no satélite, tendo em vista a exploração do espaço sideral.

Publicidade
  
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações