Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Mãe se revolta com corte de cabelo do filho e leva caso para polícia

Influenciadora ficou na bronca com o tratamento recebido em salão em Porto Alegre após o ocorrido

27 mai 2022 12h05
| atualizado às 12h33
Compartilhar

A influenciadora digital Thielly Souza, mãe de um garoto de cinco anos, fez uma série de publicações no TikTok, na quinta-feira, 26, contra um salão de beleza, de Porto Alegre (RS), após o corte do filho não sair como o esperado. "Detonaram o cabelo do menino."

Os vídeos da mulher, que mostram o antes e depois do corte no filho, viralizaram e já ultrapassam a marca de 18 milhões de visualizações na rede social.

Publicidade

Nas gravações, Thielly contou que levou o filho em um salão da zona norte da capital para realizar o sonho do cabelo cortado depois de quatro anos e que mostrou uma foto do corte escolhido pelo garoto para o profissional que a atendeu. 

"Pedi um corte e simplesmente detonaram o cabelo do menino. O cabeleireiro achou que era melhor, com a experiência dele, cortar uma franja", relatou. Segundo ela, assim que o filho se olhou no espelho, afirmou que estava "feio e estranho" e pediu para tirar a franja.

Thielly afirmou ainda que, após a reclamação, o cabeleireiro falou que não tinha máquina do tempo para devolver o cabelo do menino. "Ele disse que tem 25 anos de experiência e preferiu cortar a franja curta para não atrapalhar na escola, sem me perguntar."

Fotos do corte de cabelo pedido pela mãe e do corte feito no filho
Fotos do corte de cabelo pedido pela mãe e do corte feito no filho
Foto: Reprodução/TikTok/@thiellyns

Em entrevista ao jornal GaúchaZH, a mãe também expressou sua insatisfação com o tratamento recebido pela gerência do salão. Segundo a influenciadora, a equipe não aceitou o pagamento pelo corte e não forneceu o recibo, o que a fez chamar a Brigada Militar.

Publicidade

"Se eles tivessem me ajudado, sido humildes, eu não teria discutido. Eles simplesmente ficaram irritados e se esconderam", afirmou.

Thielly foi até a delegacia e registrou um boletim de ocorrência contra o salão. Ela disse ao jornal que também vai entrar com uma ação judicial por danos morais. Depois do episódio, o menino foi levado a outro cabeleireiro para refazer o corte e a mãe ficou satisfeita (veja o resultado no vídeo).

O Terra busca contato com os envolvidos. O espaço está aberto para manifestações.

Fonte: Redação Terra
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações