Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Trans tem nome retificado após a morte

Requalificação civil aconteceu em mutirão da Defensoria Pública realizado no Dia do Orgulho

30 jun 2022 - 05h00
Compartilhar
A mãe de Demétrio afirmou estar muito feliz com a conquista, mesmo após a morte do filho
A mãe de Demétrio afirmou estar muito feliz com a conquista, mesmo após a morte do filho
Foto: Reprodução Instagram

Demério Campos não está mais entre nós para ter visto em vida o seu sonho se tornar realidade. O jovem negro e trans morreu em 2020, mas somente agora conseguiu a retificação do seu nome verdadeiro, aquele que seus parentes e amigos usavam.

A mudança aconteceu no Dia do Orgulho LGBTQIA+ através de um mutirão de requalificação civil realizado pela Defensoria Pública do Rio. Demétrio se tornou a segunda pessoa no Brasil a conseguir a retificação de nome após a morte.



Em entrevista ao jornal "O Globo", a mãe de Demétrio afirmou estar muito feliz. “Este era o sonho dele e hoje eu o realizei”, disse Ivoni Campos, de 43 anos, momentos após a assinatura da sentença, na terça-feira (28).



Para Ivoni, a requalificação do registro civil de Demétrio é uma maneira de honrá-lo. “A gente estava dando entrada nos trâmites para conseguir fazer uma requalificação. Agora isso finalmente se concretizou”, celebrou.

Publicidade
Fonte: Redação Nós
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações