Homem é encontrado morto em lixão após marcar encontro em app de namoro no ES

Luciano Martins, de 46 anos, estava com marcas de tiros e esfaqueamento

24 jun 2024 - 22h53
(atualizado às 23h24)
Homem é encontrado morto em lixão após marcar encontro em app de namoro no ES
Homem é encontrado morto em lixão após marcar encontro em app de namoro no ES
Foto: Reprodução/TV Gazeta

Um homem identificado como Luciano Martins, de 46 anos, foi encontrado morto no domingo, 23, em um lixão em Vitória, no Espírito Santo. De acordo com a família, antes de desaparecer, ele tinha marcado um encontro por um aplicativo de namoro. O caso está sendo investigado pela Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa da Serra.

A vítima, que era profissional da saúde, foi vista pela última vez na noite de sexta-feira, 21. O sumiço foi notado inicialmente pela sobrinha na manhã seguinte, que percebeu a casa revirada e sem alguns itens. 

Publicidade

“O carro não estava na garagem. Ele usava óculos e usava uma órtese na perna porque tinha dificuldade de locomoção após um acidente de moto. Essas coisas estavam todas jogadas no quarto, que também estava trancado”, explicou um amigo da vítima, que não quis se identificar, à TV Gazeta, afiliada da TV Globo na região.

As últimas atividades do celular de Martins foram aplicativos bancários, segundo um amigo que conseguiu acessar o aparelho por e-mail. A suspeita da família é que ele tenha sido coagido a fazer transferências bancárias e depois foi morto. 

Segundo a polícia, a vítima tinha marcas de tiro no rosto e sinais de esfaqueamento no peito e na cabeça. Além de estar com braços e pernas amarrados e o rosto coberto por uma toalha. O corpo foi encontrado por uma pessoa que estava passando pela região, que fica na Serra. 

O amigo disse que Martins era homessexual e cheio de vida. “Ele sempre foi uma pessoa muito alto astral, tinha muitos amigos aqui em Vitória, mas ele se submetia a esses riscos. E fica o alerta para a galera que usa esses aplicativos ter todo o cuidado possível, não trazer pessoas estranhas para dentro de casa, procurar conversar, procurar saber todas as informações antes, procurar marcar encontros em locais neutros, que tenham pessoas, movimento", alertou. 

Publicidade
Fonte: Redação Terra
TAGS
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações