Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Adolescente acusa segurança de shopping de SP de quebrar seu nariz

Shopping afirma que o segurança foi afastado após o ocorrido; adolescente precisou passar por cirurgia

2 jul 2022 - 22h13
(atualizado às 22h15)
Compartilhar
Adolescente acusa segurança em shopping de SP de quebrar seu nariz
Adolescente acusa segurança em shopping de SP de quebrar seu nariz
Foto: Arquivo Pessoal

Um adolescente de 14 anos denuncia que teve o nariz quebrado ao ser agredido por um segurança de um shopping na zona norte de São Paulo. De acordo com a irmã da vítima, a agressão ocorreu na noite da terça-feira, 28, no Santana Parque Shopping. O centro comercial afirma que o segurança foi afastado após o ocorrido. 

Graziella Rossi relata ao Terra que o irmão precisou passar por procedimento cirúrgico após a agressão. Em áudio enviado ao portal, por meio da irmã, a vítima relata que o segurança deu um soco em seu rosto, quebrando seu nariz. O menino conta que também levou chutes do profissional.

Publicidade

De acordo com o relato do adolescente, ele estava brincando no shopping com os amigos, quando um dos colegas acertou um dardo de arma de brinquedo no gerente de uma loja. Segundo ele, após o ocorrido eles pediram desculpas ao gerente, e acharam que estava tudo resolvido. Porém, conforme conta, pouco depois diversos seguranças passaram a ir atrás deles.

A vítima também relata que um dos amigos dele desligou as escadas rolantes de dois andares do local, enquanto os seguranças estavam perseguindo eles.

“Aí o [segurança] veio e perguntou: ‘Quem foi que desligou a escada rolante?’ Aí eu falei: ‘Não sei quem desligou’. Então ele segurou no meu braço, aí começou a me bater”, disse o menino. “Me deu um soco, eu devolvi o soco para tentar me soltar e sair correndo. Ele me segurou, derrubou no chão, começou a me encher de bicuda. Ele acertou na minha cara, e eu apaguei”, acrescentou.

Ainda de acordo com o adolescente, os amigos o afirmaram que o segurança continuou o agredindo mesmo após ele cair ao chão e desmaiar. “Quando eu acordei, eu estava todo ensanguentado e com muita dor”, contou. 

Publicidade

O adolescente precisou passar por cirurgia neste sábado, 2, e a irmã afirma que há possibilidade dele precisar fazer plástica no futuro. Graziella pediu por justiça por meio das redes sociais e afirmou que nada justifica a agressão cometida pelo segurança. 

O que diz o shopping 

Em nota enviada ao Terra, o Santana Parque Shopping esclarece que afastou imediatamente o segurança que se excedeu durante atuação com um grupo de adolescentes, na noite da última terça-feira. A administração afirma que repudia qualquer ato de violência e admite que nada justifica a agressão sofrida pelo menor envolvido.

Segundo o shopping, em contato com a família do jovem, o local se solidarizou e ofereceu a assistência devida.

"O Santana vem à público reforçar seu pedido de desculpas ao menino e se compromete com a sociedade a concentrar todos os esforços para que atitudes como essa não voltem a acontecer. Esta abordagem não condiz de nenhuma forma com as orientações e boas práticas adotadas pelo shopping e será intensificada em todos os treinamentos de rotina para as equipes de segurança", afirmou o centro comercial.

Publicidade
Fonte: Redação Terra
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações