Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Bia Haddad avança nas duplas feminina e mista em Wimbledon; Alcaraz vence fácil

Apesar da queda precoce no torneio de simples, brasileira se mantém confiante e em boa fase na grama

1 jul 2022 - 17h11
(atualizado às 21h19)
Compartilhar

Bia Haddad já superou a derrota no simples atuando pela primeira vez como cabeça de chave de um Grand Slam. Nesta sexta-feira, ela comprovou mais uma vez que está em grande fase ao avançar às oitavas de final, em Wimbledon, tanto nas duplas femininas quanto nas duplas mistas.

Ao lado da polonesa Magdalena Frech, a brasileira venceu a dupla formada pela holandesa Arantxa Rus e a eslovaca Viktória Kuzmova por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 5/7 e 6/3, em 2h de partida. O próximo desafio será contra a americana Nicole Melichar-Martinez e a australiana Elen Perez, que passaram, por 2 sets a 0, com um duplo 6/4, pela italiana Elisabetta Cocciaretto e a búlgara Viktoriya Tomova.

Publicidade

Bia Haddad e Magdalena Frech foram seguras em todo o primeiro set e conseguiram uma quebra no sétimo game para largar na frente. Elas mantiveram o ritmo no segundo set, chegaram a ter um break point, mas a polonesa cometeu dupla falta e recolocou as adversárias no jogo.

Kuzmova e Rus precisaram vencer quatro games seguidos para virar diante de Bia e Magdalena, e confirmaram o segundo set. No último set, a dupla de Bia Haddad foi superior, conseguiu uma quebra logo de cara e administrou a vantagem para confirmar a classificação às oitavas de final.

"Estou feliz com o dia. Acho que foi um dia em que eu consegui melhorar o meu nível de tênis, tanto na dupla feminina quanto na dupla mista. Melhorei o meu saque e a devolução, que eu tinha feito um pouco abaixo tanto em simples quanto na primeira rodada das duplas", analisou a brasileira.

MISTA

Na mista, Bia Haddad, ao lado do brasileiro Bruno Soares, encontrou o também compatriota Rafael Matos, parceiro da ucraniana Lyudmyla Kichenok, e venceu mais uma. Após um primeiro set muito equilibrado, vencido por Bia Haddad e Bruno Soares por 7 (8)/ 6 (6), o segundo foi dominado pela dupla favorita. Sem muito susto, Bia e Bruno confirmaram a vitória ao fechar o set com um 6/3, em 1h30 de jogo.

Publicidade

Bia e Bruno aguardam a dupla vencedora do confronto entre o uruguaio Ariel Behar e o holandês Demi Schuurs contra o australiano John Peers e a canadense Gabriela Dabrowski. Eliminado pelos compatriotas, Rafael Matos ainda está vivo nas duplas masculinas, disputa na qual conseguiu avançar às oitavas, ao lado do espanhol David Vega.

Bia falou também sobre o reencontro com Rafa Matos, seu amigo de infância. "Foi muito bacana compartilhar a quadra com o Rafa, conheço ele desde os 10 anos de idade. Tenho certeza que foi um momento muito especial para nós. Uma pena que alguém seria eliminado de cara, mas feliz que nós demos um jeito de ganhar o jogo. Agora vou continuar buscando os meus objetivos aqui, que são fortalecer o meu jogo agressivo, no saque e na devolução, e jogar um tênis de alto nível para ficar o máximo de tempo possível nas duplas", concluiu a paulista.

ALCARAZ ATROPELA

Com apenas 19 anos, o espanhol Carlos Alcaraz vem sendo um dos nomes a serem batidos em Wimbledon. Ele venceu com extrema facilidade o alemão Oscar Otte, nesta sexta-feira, por 3 sets a 0, parciais de 6/3, 6/1 e 6/2, em 1h38min de partida. O adversário do jovem talento espanhol nas oitavas de final será o italiano Jannik Sinner, que venceu o americano John Isner por 3 sets a 0, parciais de 6/4, 7/6 e 6/3.

Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações