Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Ceni valoriza vitória do São Paulo em Goiânia e mostra preocupação com desfalques

3 jul 2022 - 20h12
(atualizado às 20h39)
Compartilhar

Neste domingo, o São Paulo derrotou o Atlético-GO por 2 a 1, fora de casa, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na visão do técnico Rogério Ceni, a vitória foi de suma importância para o Tricolor, que saltou para a sétima colocação do torneio, com 22 pontos.

"Era muito importante vencer. Fora de casa. Um jogo duro e muito físico. O Atlético é uma boa equipe. É difícil vir aqui e conquistar a vitória. Nós vínhamos de uma viagem muito longa para o Chile, com um grupo pequeno. Fico feliz pela vitória. Chegamos a 22 pontos. Valeu a vitória, diante de todo cansaço e superação", disse.

Publicidade

"A vitória era primordial para nós. Arriscamos um pouco mais do que o normal, fisicamente até, pois nós sabíamos que hoje era um jogo decisivo para nossas pretensões. Ficaríamos em uma posição muito ruim em caso de derrota", completou.

Apesar da felicidade pelo triunfo, que foi o primeiro do time como visitante no Brasileirão, o comandante demostrou a sua preocupação com a longa lista de desfalques que ele terá nos dois próximos embates.

Ceni não poderá contar com Igor Vinícius, Rodrigo Nestor e Calleri no jogo de volta das oitavas de final da Sul-Americana, contra a Universidad Católica-CHI. O trio foi expulso no Chile. Já no domingo, diante do Atlético-MG, pela 16ª rodada do Nacional, Diego Costa, Léo, Gabriel, Nestor e Luciano não poderão atuar pois receberam o terceiro amarelo nesta tarde.

"É um adversário complicado, não é qualquer time, é o Atlético-MG, fora de casa. Vamos viver quinta-feira primeiro, depois pensamos. Domingo pode ser que a gente tenha só 16 jogadores de linha, Vamos torcendo pra chegar abertura de janela, tem o Marcos Guilherme, que pode ser inscrito, ele estava fazendo a pré-temporada, e quem sabe ter o Nikão, Talles Costa, e tentando fortalecer a equipe em opções", comentou.

Publicidade

"Nós jogamos quinta, domingo. Aí começam jogos de três em três dias. Eu não tenho uma troca de dez, Alguns ficam fora no meio de semana, a gente vai tentar a classificação, outros ficam fora no fim de semana. O Léo faz o seu nono jogo consecutivo, sem sair nenhum minuto. É bastante e não é fácil. Temos que aproveitar esse momento de ficar fora pra tentar recuperar esses jogadores", completou.

Falando especificamente sobre a arbitragem de Wagner do Nascimento Magalhães na partida contra o Atlético-GO, o técnico evitou tecer críticas direcionadas ao arbitro.

"Eu não coloco na conta do árbitro. É o estilo de arbitragem. Se você dá um amarelo com muita facilidade, você terá que conduzir o jogo daquela maneira. Ele teve critério. Ele acabou dando cartões até o final. Perdemos bastante jogadores para o jogo do Atlético. Já temos três fora para o jogo de quinta e agora cinco para domingo. Vamos tentar recuperar os jogadores e tentar ver como é possível se virar no campeonato", finalizou.

O São Paulo recebe a Universidad Católica-CHI às 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira, pelo jogo de volta das oitavas de final da Sul-Americana. Na ida, os paulistas venceram por 4 a 2.

Publicidade

Já o compromisso contra o Atlético-MG, no Mineirão, está marcado para domingo, às 18 horas.

Show Player
Gazeta Esportiva
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações