Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Ceni rasga elogios a trio formado em Cotia: "São o motor do time"

19 out 2021 00h41
| atualizado às 00h41
Compartilhar

Rogério Ceni foi só elogios ao meio-campo do São Paulo após a vitória por 1 a 0 no Majestoso, nesta segunda-feira, no Morumbi. O treinador quebrou uma sequência de seis jogos sem um resultado positivo do Tricolor, e não havia ocasião melhor para isso acontecer.

"Meu meio-campo eu vejo como a energia desse time. Liziero, Igor Gomes e Sara, para mim, são o motor do time. Lógico que cada atleta tem sua função, mas esses três jogadores têm muita força física, são jovens, tem fome", disse Ceni.

Publicidade

Apesar da boa atuação e da vitória, o treinador sabe que o time do São Paulo tem muitos defeitos. Um deles é a falta de velocidade, ao menos por enquanto, já que Rigoni se recupera de lesão e Marquinhos é reserva.

"Hoje, com o Benítez, Luciano e Calleri, não temos velocistas. O único jogador mais rápido que temos é o Marquinhos. Hoje não pudemos ter o Rojas porque já tínhamos cinco estrangeiros. O elenco não foi formado para ter velocidade. Foi formado para ter posse de bola, controle de jogo. Esses garotos que fazem a velocidade através de passes rápidos. Aí depois tem ultrapassagens. Igor Gomes fez uma partidaça, Liziero excepcional e Sara, enquanto teve fôlego, foi vital para esse sistema de jogo", prosseguiu.

Diante de mais de 20 mil torcedores, Ceni viu sua equipe sufocar o Corinthians no início do jogo. Com cinco minutos, o São Paulo já havia balançado as redes duas vezes. Na primeira, Luciano estava impedido. Na segunda, porém, Calleri não deixou barato, estufando as redes. E a blitz no começo do clássico foi fundamental para que a vitória se concretizasse.

"No primeiro tempo, a parte tática foi cumprida à risca. No segundo tempo, com as substituições, nos perdemos um pouco. Foi quando o Corinthians cresceu, mas também foram poucos treinos. Temos que ajustar substituições para que eles consigam entregar um nível de futebol parecido", concluiu.

Publicidade
Show Player
Gazeta Esportiva
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações