Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Endrick brilha, Palmeiras segura o Vasco e conquista a Copa do Brasil Sub-17

Cruz-Maltino vence por 4 a 2, mas precisava tirar três gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis. Joia palmeirense marca duas vezes e termina como artilheiro

26 jun 2022 - 13h33
(atualizado às 14h45)
Compartilhar
Palmeiras faz a festa após superar o Vasco na decisão (Foto: Fabio Menott/Palmeiras)
Palmeiras faz a festa após superar o Vasco na decisão (Foto: Fabio Menott/Palmeiras)
Foto: Lance!

Em jogo eletrizante, com muitos gols, intensidade e disposição, o Palmeiras conseguiu segurar o Vasco e conquistou a Copa do Brasil Sub-17. O Verdão se fez valer da grande vantagem obtida no primeiro jogo, quando venceu por 4 a 1 e, mesmo com a derrota por 4 a 2, deixou São Januário com o título.

O Cruz-Maltino foi valente e, mesmo com desfalques importantes de Paulinho e Estrella, se impôs desde o primeiro minuto. Chegou a estar vencendo por 3 a 1, mas o brilho de Endrick, que marcou os dois gols do Palmeiras na partida, foi fundamental para a conquista do Verdão. O atacante já havia marcado dois gols no primeiro jogo e terminou como artilheiro da competição, com 8 gols.

Publicidade

PRIMEIRO TEMPO DE MUITA INTENSIDADE

Com grande desvantagem no placar, o Vasco iniciou a partida mostrando muita disposição e assustou logo no primeiro minuto, com André, que arriscou de fora da área. O mesmo André abriu o placar aos 8 minutos. O atacante chutou cruzado, após receber um lindo passe de JP, para colocar o Vasco na frente.

O Palmeiras respondeu na sequência, com Figueiredo, que soltou a bomba de fora da área, obrigando o goleiro Lecce a fazer grande defesa. O jogo seguiu lá e cá, com ambos os time buscando o gol, mas foi o Vasco que chegou mais próximo de balançar a rede. Rayan teve duas chances, mas parou no goleiro Cesar. Na primeira, recebeu passe de cabeça de GB na pequena área, chutou forte, mas Cesar fez um milagre. O camisa 10 do Vasco voltou a fazer o goleiro palmeirense trabalhar, após cabeçada no cantinho.

+ Veja os valores das multas rescisórias de 27 joias do futebol brasileiro

Publicidade

SEGUNDO TEMPO DE GOLAÇOS E UM GRANDE SUSTO

Depois de perder duas chances, Rayan não desperdiçou na terceira e se redimiu com muita categoria. O atacante recebeu em velocidade, driblou o zagueiro, deu um toquinho por cima do goleiro e completou para o gol. O Palmeiras respondeu logo na sequência, com Endrick. O atacante puxou o contra-ataque, tocou pra Figueiredo, que achou Thalys na direita. Ele serviu Endrick, que só teve o trabalho de escorar para diminuir para o Verdão.

Endrick mostrou seu talento na final (Foto: Fabio Menott/Palmeiras)
Foto: Lance!

O jogo deu uma pausa devido a um susto provocado por Vitor Reis. O zagueiro do Palmeiras caiu desacordado após choque de cabeça com Rayan. A ambulância foi acionada, e o jogador foi encaminhado para o hospital Quinta D'Or, em São Cristóvão, na Zona Norte.

Publicidade

BRILHO DA JOIA E EMOÇÃO ATÉ O FIM

A saída de Vitor Reis deixou o Palmeiras um pouco atordoado, e o Vasco conseguiu aproveitar para ampliar mais uma vez o placar. Gustavinho recebeu na ponta direita, cruzou, e Gabriel Vareta desviou contra o próprio gol, aos 26 minutos. Com tempo, tudo levava a crer que o Cruz-Maltino conseguiria o improvável, mas a joia palmeirense apareceu mais uma vez para salvar o time.

Publicidade

Aos 36 minutos, o camisa 9 acertou uma linda cobrança de falta, no ângulo, sem chance de defesa para o goleiro Lecce. O gol voltou a colocar o Palmeiras com uma boa vantagem. Apesar do balde de água fria, o Vasco foi valente e conseguiu marcar com Lipão, aos 42 minutos, para fazer 4 a 2 para o Cruz-Maltino. Apesar de toda a pressão, nos minutos finais, o Palmeiras conseguir segurar o resultado para conquistar o título da Copa do Brasil Sub-17.

FICHA TÉCNICA

VASCO 4 X 2 PALMEIRAS

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Publicidade

Data e hora: 26 de junho de 2022, às 11h

Árbitro: Arthur Gomes Rabelo (ES)

Assistentes: Vanderson Antonio Zanotti (ES) e Marcielly Netto (ES)

Renda/Público: / 3.978 presentes

Publicidade

Gols: André (1-0, 41'/1ºT), Rayan (2-0, 10'/2ºT), Endrick (2-1, 12'/2ºT), Gabriel Vareta, contra (3-1, 23'/2ºT), Endrick (3-2, 36'/2ºT), Lipão (4-2, 42'/2ºT)

Cartão amarelo: André (VAS); Endrick (PAL)

Cartão vermelho: Leandrinho (VAS).

VASCO (Técnico: Gustavo Almeida)

Publicidade

Lecce; Gustavinho (Lipão), Luiz Felipe (Igor), Lyncon e Leandrinho; Matheus (Guga Maia), JP (Gabriel Sá) e Kauan (Renan); GB, Rayan e André (Avelar)

PALMEIRAS (Técnico: Rafael Paiva)

Publicidade

Cesar; Gilberto, Vitor Reis (Fellipe Jack), Gabriel Vareta e Léo Jance; João Cintra (Eduardo), Figueiredo (Ramon) e Thalys; Luiz Guilherme (Riqulme Fillipe, Endrick (Luighi) e Coutinho (Cauê).

Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações