Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Honda confirma retorno de Marc Márquez à MotoGP para testes após liberação médica

Enfim liberado pelos médicos, Marc Márquez vai voltar às motos da categoria para defender a Honda nos testes de Malásia e Indonésia

26 jan 2022 07h23
| atualizado às 07h50
Compartilhar
Marc Márquez volta a defender a Honda na MotoGP
Marc Márquez volta a defender a Honda na MotoGP
Foto: Repsol / Grande Prêmio

PORSCHE E AUDI: EM VEZ DE SOLUÇÃO, PROBLEMA PARA A F1?

O dono de seis títulos da MotoGP está de volta ao cenário da categoria após mais um período de incerteza causado por questões médicas. Na realidade, Marc Márquez já tinha confirmado presença nos testes coletivos da MotoGP na Malásia, no começo de fevereiro, mas agora a Honda confirmou a liberação clínica para que o piloto participa destas atividades e, ainda, dos testes na Indonésia, na sequência.

Publicidade

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Márquez sequer disputou as últimas corridas da temporada 2021 por conta de um problema de visão chamado diplopia, onde acabava enxergando as coisas de maneira duplicada. A causa fora um acidente, enquanto treinava, em novembro do ano passado. Sem precisar de cirurgia, Márquez foi liberado para testar motos em janeiro e andou com duas delas em testes, respectivamente, em Portugal e na Espanha. Agora, liberado, voltará a andar com motos da MotoGP.

"Marc Márquez foi liberado para fazer o retorno às pistas com a nova Honda RC213V e a Honda no teste de Sepang, em 5 de fevereiro de 2022. Durante o inverno, Márquez continuou as checagens médicas e consultas para monitorar a diplopia. Nas últimas semanas, as melhoras na condição médica fizeram com que a equipe médica entendesse que a recuperação já é suficiente para voltar a treinar nas duas rodas. O #93 voltou ao motocross antes da Honda RC213V-S, em Portimão, e a Honda CBR600RR, em Aragão", apontou.

Marc Márquez completou 65 voltas em Portimão na semana passada, mas com moto diferente (Foto: Repsol)

Publicidade

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram

"Na última segunda-feira, 24 de janeiro, Márquez passou por outra checagem médica que voltou a confirmar o completo sucesso do tratamento e que o octacampeão está em condições de guiar na MotoGP. Assim, foi decidido que Márquez começará a campanha de 2022 no primeiro teste oficial da MotoGP em Sepang, na Malásia, antes de Mandalika, na Indonésia, onde irá na semana seguinte", disse o comunicado.

"Será o retorno de Márquez a uma moto da MotoGP desde a vitória no GP da Emília-Romanha de 2021, quando terminou à frente de Pol Espargaró. A Honda vai para o primeiro teste da nova temporada com força total de Márquez e Pol Espargaró, que entra no segundo ano com a equipe", finalizou.

Publicidade

Os testes em Sepang começam em 5 de fevereiro para uma sessão de dois dias, enquanto Mandalika recebe as motos por três dias na semana seguinte.

O problema de visão é o quarto problema médico de Márquez desde o fim da temporada 2018. Duas delas, no fim de 2018 e depois durante 2019, foram por conta de deslocamentos no ombro. Depois, no começo da temporada 2020, uma fratura no braço que tirou Marc de praticamente todo o campeonato e ainda forçou três cirurgias diferentes.

PROST É DEMITIDO DA ALPINE. E AGORA, ELE TEM LUGAR NA F1?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações