Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Ex-presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman é condenado a 30 anos de prisão

25 nov 2021 23h27
Compartilhar

Carlos Arthur Nuzman, ex-presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), foi condenado nesta quinta-feira a 30 anos, 11 meses e oito dias de prisão. A pena se refere aos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção passiva, organização criminosa e evasão de divisas. As informações são do portal GE.

A condenação de Nuzman foi realizada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª vara federal criminal do Rio de Janeiro, no processo da operação "Unfair Play", que investiga possíveis compras de voto que fizeram o Rio de Janeiro ser escolhido para sediar os Jogos Olímpicos de 2016.

Publicidade

O ex-presidente do COB tem o direito de recorrer da decisão em liberdade. Ainda segundo o GE, a defesa de Nuzman alegou que não houve provas para a condenação e aguarda a mudança de decisão com o recurso. Ele já havia sido preso pela mesma investigação em 2017, mas conseguiu um habeas corpus posteriormente e deixou a prisão.

Gazeta Esportiva
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações