Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Campanha do Brasil nos Jogos de Tóquio será destaque no Prêmio Brasil Olímpico

26 out 2021 19h23
Compartilhar

Quase três meses depois do fim dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o Comitê Olímpico Brasileiro começou a preparar uma grande homenagem aos atletas que se destacaram no Japão, que será feita durante o Prêmio Brasil Olímpico de 2021.

O evento será realizado no dia 7 de dezembro no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju, capital do Sergipe. Essa será a primeira vez que a cerimônia acontecerá no Nordeste, região berço dos medalhistas olímpicos Ítalo Ferreira, Ana Marcela Cunha, Hebert Conceição, Isaquias Queiroz, Rayssa Leal e Beatriz Ferreira.

Publicidade

"O Nordeste foi protagonista nos Jogos Olímpicos de Tóquio, tendo conquistado quatro das sete medalhas de ouro. Focamos em levar as ações do COB para diferentes cidades para mostrar que todas as regiões do Brasil estão preparadas para realizar grandes eventos ligados ao esporte e que o Comitê Olímpico enxerga isso claramente", disse Paulo Wanderley, presidente do COB.

"Encerramos o ciclo olímpico conforme havíamos planejado. Fomos todos, atletas, comissões técnicas e profissionais do COB, muito competentes para conseguir um resultado excelente no Japão. Seguimos empenhados em trabalhar com ainda mais vontade e determinação tendo como meta em Paris superar a campanha histórica que alcançamos em Tóquio. Até lá teremos várias competições preparatórias, como os Jogos Pan-americanos Júnior Cali 2021, os Jogos Sul-americanos Assunção 2022 e os Jogos Pan-americanos Santiago 2023", completou.

Na segunda-feira, começou o processo para a escolha dos indicados a "Melhor Atleta do Ano", principal categoria do PBO, e também dos melhores do ano em cada uma das modalidades. A escolha é realizada por um por um colégio eleitoral formado por jornalistas, dirigentes, Comissão de Atletas do COB, patrocinadores, ex-atletas e personalidades do esporte.

O Prêmio Brasil Olímpico de 2021 terá um espaço especial para a histórica campanha do Brasil nos Jogos do Tóquio. Todos os atletas medalhistas serão convidados a subir ao palco para a recepção de troféus especiais.

Publicidade

A campanha nas Olimpíadas de 2020 foi a melhor da história do Brasil na competição. Além do recorde de medalhas (21, sendo sete de ouro), o país também ficou em 12º lugar na classificação geral.

Gazeta Esportiva
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações