Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Ronaldinho se vê triste por vice do Brasil e feliz por Messi

Ex-jogador lamenta derrota para Argentina na final da Copa América, mas admite alegria por argentino encerrar jejum de títulos pela seleção

1 ago 2021 23h08
| atualizado às 23h42
Compartilhar

A última Copa América marcou o primeiro título de Lionel Messi com a seleção principal da Argentina, quebrando um jejum de 28 anos sem títulos da equipe nacional, que não erguia um troféu desde a conquista continental da mesma competição em 1993.

Ronaldinho abraça Messi na época em que defendiam o Barcelona
Foto: Albert Gea/Reuters

Ex-companheiro do astro argentino no Barcelona, Ronaldinho Gaúcho revelou um misto de sensações pela conquista do time albiceleste diante do Brasil, que foi batido pelo rival por 1 a 0, com um gol de Di María, em decisão realizada no Maracanã, no mês passado.

Publicidade

Em conversa com o streamer espanhol Ibai Llanos, o ex-jogador revelou ter ficado triste e feliz ao mesmo tempo com o desfecho da Copa América. "Fiquei triste porque o Brasil perdeu. Ainda assim, muito, muito feliz por Messi - faltava isso para ele, ganhar um título com a seleção argentina", comentou.

"Foi algo que me deixou muito contente. Ver meus amigos felizes é algo que me deixa feliz também", completou Ronaldinho, que ostentava a condição de principal craque do Barcelona e do mundo quando Messi começou a surgir como uma grande promessa do clube, no qual depois se consagraria com vários títulos.

Embora não tenha marcado gols na decisão da última Copa América, o camisa 10 do Barça foi peça fundamental para que a Argentina chegasse até a final da competição.

 

Publicidade
Gazeta Esportiva
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações