Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Fábio Santos ameniza goleada e foca em 'grande jogo' do Corinthians na Argentina

Experiente lateral esquerdo já pensa na decisão com o Boca Juniors, terça-feira, no La Bombonera, pela Libertadores

2 jul 2022 - 21h56
(atualizado às 21h56)
Compartilhar

Fábio Santos não foge da responsabilidade quando tem de falar sobre um momento delicado ou resultado ruim do Corinthians. Após a goleada sofrida diante do Fluminense, por 4 a 0, no Rio, pelo Brasileirão, o lateral-esquerdo admitiu que não foi um resultado habitual, mas revelou que o time está focado em fazer um grande jogo na Argentina, diante do Boca Juniors, pela volta das oitavas da Libertadores.

Na terça-feira, em La Bombonera, brasileiros e argentinos se enfrentam após empate sem gols na Neo Química Arena. Quem vencer avança e qualquer igualdade leva a decisão aos pênaltis. Para evitar mais lesões no elenco, o técnico Vítor Pereira optou por poupar suas principais peças e mandou muitos jovens ao duelo deste sábado, o que acabou custando caro diante de um rival entrosado.

Publicidade

"Não foi o desempenho que imaginávamos. A gente veio com um time muito mexido, realmente, mas nada apaga os 4 a 0 e não podemos achar normal. Mas é passar confiança para esses meninos. Temos uma final na terça-feira, então temos que tentar digerir isso até lá", disse o lateral.

"Não é natural, nem é fácil perder por quatro gols. Não estamos acostumados, mas dentro de tudo o que aconteceu na semana, os jogadores que perdemos, estreando outros, o time mexido...", seguiu Fábio Santos, assumindo que a derrota acabou sendo algo inevitável.

"Não é desculpa, mas temos de esquecer, descansar e recuperar os lesionados para fazer um grande jogo na terça-feira", concluiu, já projetando o duelo com o Boca Juniors, que também poupou o time na sexta-feira e acabou perdendo em casa por 3 a 0 no campeonato local.

O lateral Fagner e o meia Willian deixaram o campo com problemas no jogo de ida das oitavas, em São Paulo. Renato Augusto e Du Queiroz nem atuaram também por problemas médicos. O Corinthians faz trabalho intensivo para tentar que boa parte esteja em campo na Argentina, na busca por vaga na Libertadores.

Publicidade
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações