Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Grêmio vence o Ypiranga em Porto Alegre e leva o pentacampeonato Gaúcho

Equipe de Roger Machado iguala sequência de títulos de 1989 e ganha embalo para início da Série B do Campeonato Brasileiro

2 abr 2022 - 19h05
(atualizado às 19h11)
Compartilhar
Grêmio x Ypiranga
Grêmio x Ypiranga
Foto: Pedro H. Tesch/AGIF

O Grêmio conquistou o seu 41º título do Campeonato Gaúcho ao vencer o Ypiranga, por 2 a 1, neste sábado à tarde, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. O time gremista confirmou a vitória na ida, em Erechim, pela contagem mínima, e com duas vitórias levantou o pentacampeonato seguido - 2018, 2019, 2020, 2021 e 2022. Mais de 43 mil torcedores viram a decisão, recorde de público na competição.

O último penta tinha sido conquistado em 1989, quando o time contava com o meia Assis, irmão e atual empresário de Ronaldinho Gaúcho. Apesar do feito, o Grêmio ainda segue atrás do Internacional no número de títulos. O Colorado já foi campeão dos pampas por 45 vezes.

Publicidade

Esta conquista também empurra o Grêmio para buscar o acesso dentro do Campeonato Brasileiro da Série B, que já começa no próximo sábado. A estreia vai acontecer em Campinas, diante da Ponte Preta. O Ypiranga, dono da melhor campanha no Gaúcho, vai disputar a Série C do Brasileiro.

O jogo começou tenso, como esperado numa final. O Grêmio mais agressivo, tentando achar espaços na bem armado esquema defensivo do Ypiranga. Aos sete minutos, Campaz chutou, a bola desviou e subiu exigindo um tapa do goleiro Edson por cima do travessão. Aos 13, o goleiro apareceu dividindo fora da área com Elias, que aproveitou o erro de Lorran na saída de bola.

O Ypiranga só assustou aos 21 minutos, após cruzamento da direita e que o goleiro Brenno não cortou, quase deixando a bola para o complemento do atacante Hugo Almeida. O gol saiu aos 45 minutos. Começou numa falta perto da área batida por Bitello, que acertou o travessão. No rebote, Rodrigues cabeceou em direção à pequena área, onde outro zagueiro, Bruno Alves, subiu e desviou de cabeça. O lance gerou dúvidas e só foi confirmado dois minutos pelo VAR.

Mesmo atrás no placar e precisando marcar, pelo menos, dois gols para levar a definição aos pênaltis, o Ypiranga, do técnico Luizinho Vieira, não abandonou o seu esquema defensivo. O Grêmio mostrou cautela, na expectativa de ampliar o placar sem se expor.

Publicidade

O Grêmio ampliou aos 32 minutos, num lance só validade pelo VAR em auxílio ao árbitro Leandro Pedro Vuaden. Nasceu numa falta do lado esquerdo cobrada por Campaz, que Villassanti desviou com o pé e Edson fez grande defesa. Mas no rebote, Rodrigues ajeitou e chutou firme. O auxiliar anotou impedimento e o gol só foi confirmado após três minutos.

A torcida, em seguida, soltou o grito de é campeão. Mas aos 34 minutos, o Ypiranga assustou ao diminuir com Erick. Na pequena área, ele esticou o pé e desviou o cruzamento de Gedeilson. Este foi o sexto gol de Erick, que deve ser confirmado como reforço do Vasco na Série B.

A partir dos 40 minutos a torcida se convenceu de que o título estava assegurado. E deu início à grande festa do título, renovando a esperança de ter muito mais sucesso na temporada 2022

Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações