Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Palmeiras e Flamengo pregam "contra violência" para final

26 out 2021 15h41
| atualizado às 15h41
Compartilhar

Em encontro de dirigentes na sede da Conmebol, nesta segunda-feira, no Paraguai, Maurício Galiotte e Rodolfo Landim, presidentes de Palmeiras e Flamengo respectivamente, reuniram-se para discutir algumas questões operacionais, logísticas e de segurança a cerca da final da Libertadores. Os mandatários ainda mandaram uma mensagem às torcidas contra a violência por conta da decisão.

"Fiquei muito feliz de participar da reunião e ver que todas as medidas e precauções estão sendo pensadas e tomadas no sentido de que o único grande protagonista dessa festa seja o futebol. A gente espera que isso se transcorra sem qualquer tipo de violência e que todos nós que gostamos de futebol possamos nos orgulhar do resultado que vier", afirmou o presidente Rubro-Negro.

Publicidade

Do lado Alviverde, Maurício Galiotte reafirmou o discurso de Landim e se mostrou orgulhoso de ter duas equipes brasileiras disputando, novamente, a final do principal torneio continental da América do Sul.

"É um orgulho para o futebol brasileiro ter duas equipes como Palmeiras e Flamengo disputando a final da Libertadores. Para vocês torcedores, aproveite o momento e desfrute do espetáculo sem qualquer violência para que todos saiam vencedores. O importante é o futebol ganhar nesse grande jogo e nesse grande. O futebol e nossa saúde está acima de tudo", afirmou o presidente palmeirense.

O encontro contou, também, com a participação do presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, que parabenizou os clubes por chegarem à final da competição e foi solícito quanto a responder todas as dúvidas sobre a decisão desta temporada.

"Palmeiras e Flamengo são os dois últimos vencedores desta competição. Temos o prazer de recebê-los para responder suas perguntas, conhecer suas necessidades e ouvir suas ideias e sugestões levando em conta suas experiências nas finais. Quero que o respeito e a camaradagem prevaleçam dentro e fora do campo. Temos um grande jogo pela frente. Vamos desfrutar de uma verdadeira celebração do futebol mundial", completou.

Publicidade

Palmeiras e Flamengo entram em campo pela grande final da Libertadores no dia 27 de novembro, às 17h (horário de Brasília), no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

Gazeta Esportiva
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações