Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Juiz relata agressão de médico do Fla a preparador tricolor

Árbitro confirma em súmula que Márcio Tannure agrediu Alejandro Kohan, do São Paulo, em confusão ocorrida após gol do Flamengo no Maracanã

25 jul 2021 21h08
| atualizado às 22h46
Compartilhar

O árbitro do confronto entre Flamengo e São Paulo, Felipe Fernandes de Lima (MG), relatou na súmula da partida, realizada neste domingo, no Maracanã, uma agressão do médico do clube carioca, Márcio Tannure, contra o preparador físico são-paulino, Alejandro Kohan.

Confusão entre integrantes das comissões técnicas de Flamengo e São Paulo no Maracanã
Foto: Daniel Brasil/Photopress/Gazeta Press

Felipe Fernandes de Lima atesta que Tannure, após um dos gols do time rubro-negro, fez "gestos acintosos e provocativos" em direção ao banco de reservas da equipe tricolor, também proferindo as seguintes palavras: "Fala muito, fala muito, fala agora".

Publicidade

Com isso, o preparador físico do São Paulo, Alejandro Kohan, e o auxiliar técnico de Crespo, Juan Branda, foram em direção ao banco do Flamengo, dando início a uma confusão generalizada. Foi então que o médico rubro-negro, Márcio Tannure, acabou desferindo um empurrão com as duas mãos na altura do peito de Kohan.

Tanto Tannure quanto Kohan e Branda foram expulsos pelo árbitro, mas o médico do Flamengo permaneceu no banco de reservas até o término da partida, desobedecendo o regulamento do Campeonato Brasileiro. Dentro das quatro linhas, o Flamengo goleou o São Paulo por 5 a 1 e subiu para a sexta posição da tabela de classificação, com 21 pontos.

 

Gazeta Esportiva
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações