Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Rodrigo Caio se reapresenta ao Flamengo, mas não tem prazo para voltar; Tannure fala da recuperação

Zagueiro do Flamengo recebeu alta hospitalar no último sábado, após infecção em um dos pontos da artroscopia realizada no dia 7 de dezembro

17 jan 2022 13h40
| atualizado às 14h20
Compartilhar

Nesta segunda-feira, dia da reapresentação do elenco principal do Flamengo no Ninho do Urubu, o clube divulgou um vídeo em que o chefe do departamento médico, Dr. Márcio Tannure, dá detalhes a respeito do processo de recuperação de Rodrigo Caio. O zagueiro recebeu alta hospitalar no último sábado.

Rodrigo Caio chegou ao Flamengo em 2019 (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Rodrigo Caio chegou ao Flamengo em 2019 (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

Tannure relembrou o contratempo vivido por Rodrigo Caio, que foi ao CT dar início ao tratamento no clube, após ter realizado uma artroscopia em dezembro:

Publicidade

- Hoje é o primeiro dia do Caio aqui no CT, onde ele se reapresentou. Como a gente disse anteriormente, Rodrigo Caio realizou uma artroscopia no dia 7 de dezembro e fez questão, inclusive, de levar um fisioterapeuta junto para iniciar o trabalho no seu período de férias. A ideia era ganhar tempo. Ele vinha tratando com a fisioterapia quando detectamos um processo infeccioso em um dos pontos - disse Tannure, antes de seguir.

- A partir disso, o Rodrigo retornou ao Rio. Assim que ele chegou, nós o internamos e foi realizado uma lavagem mecânica cirúrgica, simplesmente para lavar a articulação, um processo normal, faz parte. Iniciou-se a antibioterapia venosa, por isso que ele ficou no hospital - disse o médico.

Tannure falou também sobre "retorno gradual" do defensor:

- Após isso, foi feita uma nova lavagem, um novo procedimento, para que pudéssemos avançar ainda mais. Ele respondeu bem clinicamente e, então, teve alta no último sábado. Como a gente disse, hoje é o início da reabilitação do Rodrigo. A gente não se preocupa com prazos, mas, sim, que ele cumpra as etapas. A primeira etapa é de fisioterapia para ganhar o movimento, de arco, para que ele não perca isso e a gente acelere com as técnicas disponíveis. Para depois, começar o reforço muscular, o retorno gradual, de fortalecimento e vá para o trabalho gradual de campo.

Publicidade

Desde o último dia 2, Rodrigo Caio estava internado e passando por tratamento com antibiótico de forma venosa. Ele não pôde se reapresentar com o restante do elenco no dia 10 e segue sem prazo para treinar em campo.

Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações