Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Flamengo descansa jogadores, mostra evolução e eleva confiança antes de sequência decisiva

Após semana desgastante, Rubro-Negro volta ao Rio de Janeiro e se prepara para encarar sequência importante contra Tolima, Corinthians e Atlético-MG

3 jul 2022 - 09h01
(atualizado às 11h25)
Compartilhar
Gabigol marcou na vitória sobre o Santos (Fotos: Gilvan de Souza/Flamengo)
Gabigol marcou na vitória sobre o Santos (Fotos: Gilvan de Souza/Flamengo)
Foto: Lance!

Após uma semana de longas viagens, o Flamengo volta ao Rio de Janeiro, neste domingo, com o objetivo cumprido: duas vitórias na bagagem (contra Tolima-COL e Santos), atletas descansados e um nível de confiança maior. A mudança de cenário ocorre justamente às vésperas da sequência de jogos decisivos, que podem definir o rumo da equipe na temporada.

Apesar de as atuações ainda não encherem os olhos da torcida, o time comandado por Dorival Júnior apresentou evolução em relação aos jogos anteriores. Em coletiva de imprensa após a partida contra o Santos, neste sábado, na Vila Belmiro, o técnico destacou a postura da equipe como grande ponto positivo da vitória.

Publicidade

- Eu acho que a postura para a retomada de bolas e a agressividade de combate. Acho que isso tudo é o que vem melhorando. E o Flamengo melhorando com posse de bola sabe o que faz. Em muitos momentos da partida tivemos equilíbrio. Tínhamos as ações do jogo, mas não aconteceu na totalidade da partida. E nós sofremos um pouco desnecessariamente. Porque às vezes você erra um posicionamento e proporciona que o adversário o coloque no seu campo de defesa - disse Dorival, antes de completar:

- Não é uma posição que é tomada aleatoriamente, pelos atletas ou conosco empurrando o time para trás. Nunca acontece isso. Queremos agressividade e combate para que tomemos as bolas praticamente no campo ofensivo. Infelizmente isso acabou não acontecendo. O primeiro tempo foi muito positivo nesse sentido, estávamos muito organizados. Depois o Santos se soltou, se abriu, o que é natural. Mudou o contexto da partida e provocou uma situação desconfortável para todos nós. Esse sofrimento em parte do segundo tempo foi muito em razão da mudança da equipe adversária.

Dorival Júnior elogiou postura do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Foto: Lance!

Publicidade

Alvo de preocupação durante a semana, o desgaste físico do elenco rubro-negro foi atenuado com a decisão de Dorival Júnior de escalar um time alternativo contra o Santos. Apenas três jogadores iniciaram as partidas contra Tolima e o clube paulista: Santos, Thiago Maia e Everton Ribeiro. O restante conseguiu descansar e, jogadores importantes, como Gabigol e Arrascaeta, jogaram menos de 30 minutos na Vila Belmiro.

A tendência, assim, é que o Flamengo chegue em boas condições para a sequência de três jogos decisivos que o aguarda. O primeiro compromisso é contra o Tolima, na quarta-feira, e vale uma vaga nas quartas de final da Libertadores - grande objetivo do Rubro-Negro na temporada.

Em seguida, no domingo, o time tem um confronto direto com o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Por fim, no dia 13 de julho, o Flamengo recebe o Atlético-MG para tentar reverter o placar negativo do jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Publicidade
Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações