Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

VP admite "risco calculado" com escalação do Corinthians e prega foco no Boca após goleada

2 jul 2022 - 20h30
Compartilhar

O Corinthians foi goleado por 4 a 0 frente ao Fluminense, neste sábado, pela 15ª rodada do Brasileirão. O treinador Vítor Pereira escalou uma equipe completamente alternativa por conta dos diversos desfalques e pensando na partida contra o Boca Juniors, pela Libertadores, no meio de semana.

"Esta é uma derrota que, sem dúvidas, nos custa. Não me recordo de uma derrota assim em minha carreira. Foi uma derrota justa por aquilo que aconteceu em campo. Nós claramente priorizamos o jogo contra o Boca. Tínhamos que priorizar o jogo do Boca", contou VP em coletiva de imprensa.

Publicidade

Apesar da dura derrota, Vítor Pereira admitiu que sabia dos riscos que correria por conta da escalação que escolheu para a partida. Segundo ele, isso foi algo "calculado", por mais que a derrota não estivesse nos planos.

"Hoje, sabíamos que corríamos riscos. Sabíamos que (corríamos risco) juntando a maioria dos jogadores que não têm tido grandes oportunidades de jogar, com falta de ritmo, juntando alguns miúdos também e enfrentando um Fluminense bem trabalhado. É uma equipe que está fresca e na máxima força. Claramente sabíamos que o risco era grande e que íamos cometer alguns erros, como cometemos. É um risco calculado, mas não há dúvidas de que é uma derrota pesada", disse.

Na visão de VP, os três pontos perdidos podem ser recuperados, enquanto uma eliminação na Libertadores, não. Para encarar o Boca Juniors, o treinador espera que alguns jogadores possam voltar a ter condições de entrar em campo.

"Sabíamos dos riscos desse jogo. Perdemos três pontos, mas são três pontos que são recuperáveis. Agora, o próximo jogo não é. E temos que pensar nisso, não há como recuperar. Temos que focar no próximo jogo, ver quais jogadores estão disponíveis. Espero que se consiga recuperar alguns deles para sermos competitivos contra o Boca Juniors", continuou.

Publicidade

"A corda estica, estica e estica e chega o dia em que arrebenta. Contra fatos não há argumentos. Neste momento, nós não tínhamos argumentos para defrontar uma equipe com o nível do Fluminense", encerrou.

Corinthians e Boca Juniors entrarão em campo às 21h30 (de Brasília) desta terça-feira, pela partida de volta das oitavas de final da Libertadores. A bola rolará na Bombonera, em Buenos Aires. O Timão não tem nada decidido para este confronto, já que, na partida de ida, na Neo Química Arena, o placar terminou no 0 a 0.

Show Player
Gazeta Esportiva
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações