Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Apesar de apelo da torcida, Yuri Alberto não "roubará" camisa 7 de Luan no Corinthians

2 jul 2022 - 10h21
Compartilhar

O centroavante Yuri Alberto, anunciado na última quarta-feira como novo reforço do Corinthians, vem trabalhando normalmente no CT Dr. Joaquim Grava, e já até deu suas primeiras palavras como jogador do clube. Uma incógnita, porém, é qual será sua numeração pela equipe alvinegra.

Apesar de já ter aparecido segurando uma camisa do Timão ao lado do presidente Duilio Monteiro Alves e do diretor de futebol Roberto de Andrade, a Gazeta Esportiva apurou que ele ainda não tem uma numeração definida.

Publicidade

Mais que isso, a reportagem ouviu que Yuri não irá "roubar" a camisa 7 de Luan, que está há 20 jogos sem ser relacionado para partidas da equipe. Criou-se essa expectativa por parte dos torcedores depois que sua coletiva de apresentação foi marcada para o dia sete de julho, na próxima quinta-feira.

Na realidade, a apresentação ficou marcada para essa data em forma de homenagem ao título paulista de 1977 conquistado contra a Ponte Preta, que tirou o Corinthians de uma fila de 23 anos sem título.

Sendo assim, Yuri Alberto segue sem uma numeração definida e o anúncio deve ser feito, de fato, na coletiva de apresentação.

O atacante ex-Santos e Internacional só estará à disposição do técnico Vítor Pereira a partir do dia 18 de julho, quando abre a próxima janela de transferências. Até lá, ele seguirá trabalhando no CT Dr. Joaquim Grava para manter a forma física e se entrosar com os companheiros.

Publicidade

Camisa 7 foi entregue a Luan por Marcelinho

Em janeiro de 2020, Luan, então cercado de expectativas por sua contratação, recebeu a camisa 7 de ninguém mais, ninguém menos que Marcelinho Carioca. O clube, na ocasião, divulgou um vídeo, no qual Marcelinho diz que, no Corinthians, "o bagulho é louco", mas que "tem certeza que você está hiperpreparado".

Luan, então, responde que "é um sonho que está se realizando, poder jogar no Corinthians, o clube que eu torci a vida inteira". Por fim, diz que tem "certeza que vai dar tudo certo".

Marcelinho, ídolo do clube, eternizou seu nome com o número 7 nas costas. Pelo time do Parque São Jorge, o meia conquistou o Mundial de Clubes de 2000, o bicampeonato brasileiro (1998 e 1999), a Copa do Brasil de 1995 e o tetracampeonato paulista (1995, 1997, 1999 e 2001).

Já Luan foi anunciado em dezembro de 2019 após uma grande passagem pelo Grêmio, quando foi eleito, inclusive, o Rei da América na conquista da Libertadores, em 2017.

Publicidade

O Timão o adquiriu por quatro temporadas ao custo de R$ 28,9 milhões (50% dos direitos) e tem tido muita dificuldade, pelo alto salário do atleta, em encontrar algum clube que aceite o jogador, mesmo que por empréstimo.

Show Player
Gazeta Esportiva
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações