Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

A esperança de um povo: Manaus FC e a promessa de recolocar o futebol do Amazonas em um radar nacional

Na Série C, equipe fundada em 2013 pode garantir vaga na segunda divisão do Brasileirão e voltar a colocar o estado em evidência nacional; Seleção Brasileira jogará em Manaus

13 out 2021 14h01
Compartilhar
Elenco do Manaus após vencer o Novorizontino, na Série C (Ismael Foto/Divulgação/Manaus FC)
Foto: Lance!

O futebol amazonense não tem um representante nas duas principais divisões do Brasileirão desde 2006, quando o São Raimundo disputou a Série B. Quinze anos depois, isto nunca ficou tão perto de ser quebrado: o Manaus FC está no quadrangular final da Série C e depende de duas vitórias para o acesso à segunda divisão. Manaus será palco do próximo jogo da Seleção Brasileira.

O estado, que há muito tempo passou despercebido no sentido de relevância nacional quanto o futebol, tem um estádio de primeiro mundo: a Arena da Amazônia, construída para a Copa do Mundo de 2014. Diante do contexto dos times locais, a arena "sobrevive" de jogos grandes, como o Brasil e Uruguai que acontecerá nesta quinta-feira, pelas Eliminatórias.

Publicidade

A partida entre as seleções será a primeira com público no estádio desde o começo da pandemia. Os 14 mil ingressos - 10 mil colocados à venda, mil para convidados e 3 mil sorteados para pessoas que tomaram vacinas - foram esgotados em poucas horas.

Time do Manaus FC (Foto: Divulgação/Manaus)
Foto: Lance!

Mesmo sem um time com relevância nos principais campeonatos nacionais há anos, Manaus respira futebol. Tendo Flamengo e Vasco como as torcidas mais fortes do estado, o Manaus FC, pelo crescimento recente, aparece como um novo "time do coração" de todos os amazonenses.

O Manaus FC foi fundado em 2013 e rapidamente subiu degraus. Campeão da segunda divisão amazonense logo no mesmo ano de criação, chegou à elite estadual em 2014. Atualmente, a equipe carrega uma sequência de quatro títulos seguidos do Campeonato Amazonense (2017-2021).

Publicidade

SÉRIE D E A ESPERANÇA POR VOOS MAIORES

O primeiro título estadual, em 2017, permitiu que o Gavião jogasse a Série D de 2018. Inicialmente o time conseguiu se manter na competição, mas foi vice-campeão nacional em 2018, perdendo para o Brusque na final, no jogo que, até hoje, carrega o maior público em um jogo da história da Arena da Amazônia.

O primeiro ano na Série C foi de pouco brilho, com o time não ameaçando brigar por uma vaga na fase final. Isto mudou na atual temporada: a equipe se classificou na 4ª colocação do Grupo A, na primeira fase, e agora está na fase final em grupo ao lado de Ypiranga, Novorizontino e Tombense - os dois primeiros garantem o acesso.

A campanha começou de forma positiva: uma vitória e um empate em dois jogos. O Gavião precisa vencer os dois que fará na Arena da Amazônia para garantir o acesso. Neste domingo, o primeiro: o time vai enfrentar o Ypiranga às 15h - 16h de Brasília - com presença de 15 mil espectadores.

Publicidade

Se a Arena da Amazônia e o futebol amazonense ficaram, por muito tempo, longe dos holofotes, tudo pode mudar caso o Manaus chegue a uma divisão de maior relevância do Brasileirão. O Gavião vem crescendo e jogos como esse da Seleção apenas ajudam para aquecer ainda mais a animação da torcida local.

Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações