Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Red Bull Bragantino decepciona, dá adeus à Libertadores e fica fora da Sul-Americana

Comandados de Mauricio Barbieri perdem por 3 a 0 para o Nacional em Montevidéu e terminam torneio na lanterna do Grupo C

24 mai 2022 21h53
Compartilhar

O Red Bull Bragantino precisava de uma vitória no Uruguai para seguir na Libertadores, mas uma atuação confusa da equipe de Mauricio Barbieri acabou decretando a sua eliminação na competição continental. A derrota por 3 a 0 para o Nacional, em Montevidéu, deixou a equipe brasileira na lanterna do Grupo C com cinco pontos. Pior, a ultima colocação na chave tirou o time paulista também da Sul-Americana.

Sem torneios internacionais em seu calendário, o Red Bull Bragantino agora vai ficar restrito à disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

Publicidade

Apesar de ter obtido a vitória, o Nacional (que terminou a fase de grupos com sete pontos)também acabou eliminado da Libertadores. No entanto, o time uruguaio ficou com uma vaga na Sul-americana. As duas vagas do grupo acabaram ficando com o Estudiantes (que terminou em primeiro com 13 pontos) e o Velez Sarsfield (segundo lugar com oito pontos).

O Bragantino apostou sua estratégia na posse de bola para tentar administrar a partida, mas os erros cometidos no setor defensivo comprometeram a estratégia do técnico Maurício Barbieri. O Nacional percebeu os erros de posicionamento do rival e forçou uma blitz para tentar abrir o placar.

O lado direito da defesa brasileira não se encontrou e foi por ali que o Nacional construiu a vitória. Aos 8 minutos, Zabala entrou na área, foi no fundo e cruzou rasteiro. Cleiton fez defesa parcial e Trezza pegou o rebote para abrir o placar.

A desvantagem obrigou o Bragantino a adiantar a equipe para buscar o empate. Mas os erros de passe e a boa marcação uruguaia minaram a reação da equipe brasileira. Atento aos erros do adversário, o Nacional praticamente repetiu a jogada do primeiro gol para balançar novamente as redes.

Publicidade

Zaballa recebeu a bola sem marcação pela ponta-esquerda e fez o centro na pequena área. Cándido, sem marcação, só empurrou para o gol, para fazer 2 a 0 aos 30 minutos.

A partida ficou tensa. Praxedes e Helinho acabaram amarelados ainda na etapa inicial. O Bragantino até conseguiu levar vantagem sobre a defesa do Nacional no final do primeiro tempo, mas a boa atuação do goleiro Rochet foi decisiva para manter o placar do primeiro tempo inalterado.

No segundo tempo, o Nacional voltou com uma postura mais ofensiva e, logo de cara, obrigou Cleiton a trabalhar. O Bragantino passou a forçar as jogadas com Artur, pela direita, mas as tentativas foram em vão. Nem as entradas de Alerrandro e Lucas Evangelista alteraram o panorama da partida.

O Nacional teve uma etapa complementar bem mais tranquila, não foi ameaçado e ainda teve a chance de ampliar em cobrança de pênalti. Fagúndez foi para a cobrança, a bola bateu nas duas traves e entrou. O goleiro Cleiton ainda tirou a bola com os pés, mas a arbitragem validou o terceiro gol para os uruguaios.

Publicidade

Com a partida definida em 3 a 0, o Nacional apenas esperou o tempo passar para encerrar a sua participação na fase de grupos com uma vitória diante de sua torcida.

FICHA TÉCNICA:

NACIONAL-URU 3 X 0 RED BULL BRAGANTINO

NACIONAL-URU - Rochet; Lozano (José Luíz Rodriguez), Léo Coelho, Marichal e Cándido(Almeida); Yonathan Rodríguez, Carballo, Trezza e Zabala; Alex Castro (Ignacio Ramírez)e Gigliotti (Fagúndez). Técnico: Pablo Repetto.

Publicidade

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Andres Hurtado, Léo Ortiz, Natan e Ramon; Jadsom (Alerrandro), Eric Ramires (Lucas Evangelista) e Praxedes; Artur, Helinho e Ytalo. Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS - Trezza, aos 8min e Cándido, aos 30min do primeiro tempo. Fagúndez, aos 37min do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wilmar Roldán (COL).

CARTÕES AMARELOS - Lozano e Cándido(Nacional); Praxedes, Helinho, Natan e Miguel(Bragantino).

Publicidade

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Parque Central, em Montevidéu, no Uruguai.

Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações