Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Matheus Pereira gosta do Botafogo e vê Luís Castro como diferencial, mas Al-Hilal pede mais de R$ 100 milhões

Botafogo faz proposta pelo meio-campista, que gosta do projeto e tem apreço pelo treinador português; Matheus seria a maior contratação da história do futebol brasileiro

6 jul 2022 - 20h01
(atualizado às 20h35)
Compartilhar

Depois de Carlos Eduardo, outro jogador que atua na Arábia Saudita está na pauta do Botafogo. O Alvinegro fez proposta por Matheus Pereira, meio-campista do Al-Hilal. A equipe asiática, contudo, recusou os números apresentados pelo Glorioso, como informado primeiramente pelo "Goal".

Matheus Pereira atua no Al-Hilal, da Arábia Saudita (Foto: GIUSEPPE CACACE / AFP)
Matheus Pereira atua no Al-Hilal, da Arábia Saudita (Foto: GIUSEPPE CACACE / AFP)
Foto: Lance!

Publicidade

O brasileiro, por outro lado, já gostou do que lhe foi apresentado. Matheus Pereira teve uma reação positiva à proposta muito por causa de Luís Castro, treinador que admira e um dos homens que considera mais importantes para a carreira.

Os dois trabalharam juntos no Chaves, de Portugal, na temporada 2017-18. Lá, Matheus marcou oito gols e deu cinco assistências em 30 jogos e viu a carreira finalmente deslanchar - antes, atuava com pouca frequência no Sporting-POR e ficava mais no time B dos Leões.

Apesar de todo o carinho pelo treinador português e ter considerado a proposta do Botafogo, o outro lado da negociação nem sequer parou para ouvir qualquer tipo de negócio. O Al-Hilal recusou a proposta feita pelo Glorioso e não abriu conversas nos moldes apresentados.

Publicidade

A equipe saudita embolsou 18 milhões de euros para contratar o jogador junto ao West Bromwich-ING em 2021 e quer, no mínimo, 20 milhões de euros (R$ 110 milhões, na cotação atual) para negociá-lo. O brasileiro tem contrato até 2026.

O valor, por exemplo, é maior do que tudo que John Textor investiu na equipe do Botafogo na primeira janela. Além disso, tornaria Matheus Pereira a contratação mais cara da história do futebol brasileiro, superando Gabigol (18 milhões de euros).

Publicidade

Tais cifras estão fora de cogitação, apesar da admiração que acontece de forma recíproca entre Matheus e Luís Castro. O meio-campista de 26 anos deve permanecer como um "sonho distante" para a diretoria do Alvinegro.

Matheus Pereira marcou três gols e distribuiu 15 assistências na última temporada pelo Al-Hilal. O jogador se destacou mais pelo West Bromwich-ING em 2020-21, com 12 gols e seis assistências na Premier League.

Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações