Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Thompson se destaca, Curry decide contra Grizzlies e Warriors vão à final do Oeste na NBA

Dupla soma para 59 pontos e comanda a equipe na vitória por 110 a 96, fechando a série semifinal em 4 a 2

14 mai 2022 09h17
| atualizado às 14h33
Compartilhar

Mesmo sem Ja Morant, o Memphis Grizzlies voltou a incomodar o Golden State Warriors na madrugada deste sábado, mas não conseguiu evitar a classificação do time de São Francisco para a final da Conferência Oeste da NBA. Com grande atuação de Klay Thompson e liderados por Stephen Curry no último período, os Warriors venceram por 110 a 96 e fecharam a série com vitória por 4 a 2.

O Golden State Warriors aguarda pelo vencedor do embate entre Phoenix Suns e Dallas Mavericks, que está empatado por 3 a 3 e será decidido neste domingo com o jogo sete. O confronto no Chase Center foi disputadíssimo até o último período, quando Curry e companhia mostraram todo seu repertório para garantir um lugar na final.

Publicidade

"Tenho muito respeito por cada um no time. Construímos isso como um grupo e com talento individual. Tivemos muita disposição e potencial em termos de vencer no nível mais alto, eles (Grizzlies) estiveram acima na temporada regular por um motivo, foram dominantes. Definitivamente existe respeito, eles nos fizeram melhores, certamente nós os fizemos melhores. Muita coisa pode acontecer no caminho, mas eles estarão por aqui por um bom tempo, ainda têm muito para mostrar", afirmou Curry após a partida.

Warriors e Grizzlies iniciaram o último período separados por apenas um ponto e Curry, que fazia um jogo sem brilhos, foi decisivo ao anotar três arremessos de três pontos e uma bola de dois para fechar a vitória. Ao todo foram 29 pontos para o astro. O grande destaque da noite foi mesmo Thompson, que marcou 30 pontos no total e ainda pegou oito rebotes e deu três tocos. Ele foi o cestinha do jogo ao lado de Dillon Brooks, destaque do Memphis.

Muito elogiado pelo companheiro Draymond Green por sua inteligência, Thompson também falou sobre a partida. "Eu apenas amo os momentos, a pressão, jogar basquete no mais alto nível. Não somos cantores, nem atores, não poderemos fazer isso quando estivermos mais velhos, então devemos apreciar cada noite enquanto jogamos porque passa muito rápido", disse.

No outro lado da quadra, os Grizzlies precisaram mostrar seu talento no terceiro jogo sem Morant, lesionado no fim do jogo três. Mesmo sem o principal jogador, a franquia do Tennessee esteve perto de repetir a vitória do último jogo e por pouco não forçou um sétimo duelo. Com um conjunto muito forte, Brooks e Desmond Bane foram os destaques em pontos e guiaram o time visitante para um duelo muito disputado.

Publicidade
Fique por dentro das principais notícias de Esportes
Ativar notificações