Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Leclerc lidera primeiro treino livre de sexta da F1 em Mônaco

Charles Leclerc é o mais rápido no TL1 de Mônaco na F1. Ferrari e Red Bull mostram ritmo semelhante

27 mai 2022 10h05
| atualizado às 10h06
Compartilhar
Chalres Leclerc nos treinos livres para o GP de Mônaco
Chalres Leclerc nos treinos livres para o GP de Mônaco
Foto: Ferrari / Twitter

Aos poucos, algumas tradições vão caindo. Historicamente, os treinos livres de Mônaco acontecem na quinta-feira, com a sexta-feira ficando livre para eventos e atividades de categorias preliminares. Em 2022, pela primeira vez, Mônaco entrou no esquema das demais pistas e passou a ter seus treinos na sexta.

E o mais rápido no primeiro treino livre de uma sexta-feira foi o piloto local: Charles Leclerc, da Ferrari. O postulante ao título marcou uma volta de 1min14s531 e ficou à frente de Sergio Perez, da Red Bull, Carlos Sainz, também da Ferrari, e Max Verstappen, com a outra Red Bull.

Publicidade

Depois dos quatro, veio Lando Norris, seguido por Pierre Gasly, Daniel Ricciardo, George Russel, Sebastiane Vettel e Lewis Hamilton, que fechou o top 10.

Confira como foi o primeiro treino livres para o GP de Mônaco:

Todos os pilotos saíram à pista logo de cara, sem perder tempo. E, como já tem sido praxe, Charles Leclerc e Max Verstappen logo se colocaram na parte de cima da tabela. Os dois se alternaram no topo frequentemente. A volta mais rápida até os 15 minutos iniciais era de Leclerc, com 1min15s883.

Verstappen melhorou a marca pouco depois, com 1min15s327. Leclerc foi o primeiro a cometer um erro, ao escapar da pista na Saint Devote. Para sua sorte, justamente um dos poucos trechos com área de escape. Ele conseguiu voltar sem maiores problemas.

Publicidade

Com 20 minutos corridos, o Haas de Mick Schumacher apresentou problemas de câmbio. O alemão tentou voltar aos boxes, mas seu carro parou bem na entrada do pit lane, bloqueando o caminho de quem queria passar por ali. A bandeira vermelha foi acionada para que o carro fosse removido.

Max Verstappen contorna a Rascasse, em Mônaco
Foto: Red Bull / Twitter

Com o treino reiniciado, os carros da Ferrari ficaram nos boxes e foram superados pelo Mercedes e Lewis Hamilton e os McLarens de Daniel Ricciardo e Lando Norris, sendo que o último chegou a assumir a liderança a meia hora do fim, com uma volta de 1min15s301. Sebastian Vettel também fez boa volta e subiu para o 4º lugar, mas só ele usava pneus macios.

A 20 minutos do fim, o top10 tinha Norris, Gasly, Russell, Ricciardo, Verstappen, Vettel, Hamilton, Tsunoda, Perez e Leclerc.

Verstappen voltou à pista de pulou para a ponta, com 1min14s712. Leclerc também voltou e foi para 2º. Sainz vinha para fazer a melhor volta, mas foi atrapalhado pelo tráfego no setor final e precisou tirar o pé. E, assim como Leclerc, Verstappen também errou e passou reto na St. Devote, e também conseguiu voltar sem maiores problemas.

Publicidade

Leclerc não desistiu e retomou o topo da tabela, com 1min14s531, trazendo Sainz no seu embalo. O espanhol ficou com a 2ª marca, 0s070 atrás do colega. Perez logo se colocou entre a dupla da Ferrari, tomando o 2º lugar de Sainz.

As posições no topo da tabela se mantiveram até o fim da sessão. Apenas Valtteri Bottas, uma boa aposta para o fim de semana, ficou de fora. A Alfa Romeo do finlandês teve problemas de motor e ele nem saiu.

Os carros voltam à pista ao meio dia para o segundo treino livre.

Os resultados do TL1 do GP de Mônaco
Foto: F1

 

Publicidade
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações