Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Leclerc admite decepção, mas parabeniza Sainz por "vitória incrível" na Inglaterra

Charles Leclerc termina cabisbaixo em Silverstone, mas prefere colocar foco na primeira vitória de Carlos Sainz na Fórmula 1

3 jul 2022 - 15h27
Compartilhar
Charles Leclerc foi novamente atrapalhado pela Ferrari
Charles Leclerc foi novamente atrapalhado pela Ferrari
Foto: Ferrari / Grande Prêmio

TUDO SOBRE O GP DA INGLATERRA DE FÓRMULA 1 | Briefing

Mais uma vez na temporada 2022, Charles Leclerc estava em posição de vencer uma corrida e acabou fora do páreo graças a uma decisão, na melhor das hipóteses, contestável por parte da Ferrari. Mesmo assim, Leclerc preferiu não falar muito da situação antes de conversar com a equipe. Preferiu tratar da vitória do companheiro Carlos Sainz no GP da Inglaterra deste domingo (3).

Publicidade

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Leclerc liderava a 12 voltas do fim, quando Esteban Ocon teve problemas e causou um safety-car. A Ferrari não chamou Leclerc para trocar os pneus duros usados por macios, algo que fez com Sainz - assim como a Mercedes fez com Lewis Hamilton e a Red Bull, com Sergio Pérez. A decepção com o quarto lugar é óbvia.

"Foi legal por um lado [a briga do final], mas por outro… Eu tinha pneus duros e todo mundo estava com macios, então tive muitas dificuldades. No fim das contas, dei o melhor que eu podia, mas não foi o bastante. É decepcionante", falou.

Charles Leclerc teve um dia para lamentar (Foto: Ferrari)

Publicidade

+ Piquet dobrou racismo e ainda colocou homofobia em outra declaração sobre Hamilton

"Preciso olhar para o panorama completo da corrida, porque só sei qual o panorama da minha corrida. No carro, não dá para ter o panorama global. Sinto que perdi tempo no primeiro stint e na primeira parte do segundo stint, mas vou entender quando olhar a fotografia completa da corrida", seguiu.

"Ponto é que não quero focar na minha decepção, mas na vitória incrível de Carlos. A primeira vitória na F1 é sempre especial, além de ser ótimo para a equipe e para ele. Esteve trabalhando na confiança e hoje mostrou", finalizou.

A temporada 2022 da Fórmula 1 retorna na semana que vem, em Paul Ricard, para o GP da França dos dias 8-11 de julho.

Publicidade

PIQUET, SOBRE HAMILTON: "NEGUINHO DEVIA ESTAR DANDO MAIS C*"

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações