Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

FIA anuncia passo a passo da investigação sobre GP de Abu Dhabi e já cita 'novo Masi'

Após abrir investigação no fim do ano passado e apressada por Mercedes e Hamilton, FIA anuncia cronograma para decisões sobre final de 2021

13 jan 2022 13h29
| atualizado às 14h35
Compartilhar
FIA revelou o cronograma da investigação sobre o GP de Abu Dhabi 2021
FIA revelou o cronograma da investigação sobre o GP de Abu Dhabi 2021
Foto: Clive Rose/Getty Images/Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

CAIU MICHAEL MASI. E AGORA, HAMILTON CORRE NA F1 2022?

A semana tem um assunto muito maior que os outros no parco noticiário de janeiro do automobilismo: os rumos da investigação da FIA para o que aconteceu no fim do GP de Abu Dhabi que encerrou o campeonato 2021 da Fórmula 1. No começo da tarde desta quinta-feira (13), federação anunciou quais os próximos passos da investigação.

Publicidade

Segundo comunicado no órgão máximo do automobilismo, investigação já teve conversa com as equipes que, em reunião da semana que vem, discutirá os procedimentos de safety-car. Depois disso, pilotos serão ouvidos. Os resultados finais e decisões sobre o processo saem uma semana antes da abertura da temporada 2022, no Bahrein.

"Após a decisão do Conselho Mundial de Automobilismo em Paris, no dia 15 de dezembro de 2021, a administração da FIA, sob a liderança de Mohammed Ben Sulayem, começou uma análise detalhada dos eventos do último GP de Abu Dhabi da Fórmula 1. O presidente da FIA lançou uma consulta com as equipes da F1 em várias questões, incluindo essa. Em reunião de 19 de janeiro, um item da agenda do Comitê Consultivo Esportivo será dedicado ao uso do safety-car", disse o comunicado.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Mohammed Ben Sulayem é o novo presidente da FIA (Foto: Reprodução/FIA)

Publicidade

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram

"O passo seguinte será uma discussão conjunta com todos os pilotos da F1. O resultado da análise detalhada será apresentado na Comissão da F1 em fevereiro, enquanto as decisões finais serão anunciadas no Conselho Mundial de Automobilismo, em reunião no Bahrein, em 18 de março", anunciou.

É interessante destacar que a FIA já trata do novo diretor-esportivo de monopostos, Peter Bayer. Há um ano, o organograma oficial da federação trazia os nomes de Michael Masi e Nikolas Tombazis no posto. É um indicativo de mudanças, apesar de não haver anúncio oficial sobre Masi.

Publicidade

"O presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem pediu ao secretário-geral do esporte e recém-apontado diretor-esportivo de monopostos Peter Bayer que faça propostas de mudanças e otimize a organização da estrutura de F1 da FIA para a temporada 2022", encerrou.

Na última terça-feira, a imprensa inglesa, Sky Sports e BBC, noticiaram que a permanência de Hamilton na F1 estava intimamente ligada à forma, clareza e velocidade com que a FIA encararia as investigações. No dia seguinte, pois, o organograma da FIA mostrava mudanças: sem Masi e Tombazis, com Bayer na agora confirmada dupla função, mas ainda sem maior descrição de atividades.

AS NOVIDADES DA F1 2022: O QUE ESPERAR DE ALBON E ZHOU?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações