Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Ferrari se interessa e quer retorno de Todt após fim de mandato como presidente da FIA

Jean Todt está de saída da FIA da presidência da FIA após 12 anos e, de acordo com a imprensa italiana, com a Ferrari no encalço

8 dez 2021 11h27
Compartilhar
Jean Todt foi eleito presidente da FIA em 2009
Foto: Getty Images/Red Bull / Grande Prêmio

VERSTAPPEN MERECIA SER DESCLASSIFICADO POR BRAKE TEST EM HAMILTON?

A história de Jean Todt com a Ferrari é bem antiga. Entre 1994 e 2009, o francês foi chefe de equipe após chegar do rali, foi CEO e conselheiro especial. Com ele no comando, a equipe saiu do histórico jejum de 21 anos sem títulos de Pilotos e construiu uma era de domínio até então jamais vista nos anos de Michael Schumacher. Agora, a possibilidade de voltar se apresenta como real.

Publicidade

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Quem informa é o jornal italiano Corriere dela Sera. De acordo com reportagem publicada nesta quarta-feira (8), Todt já está em conversas com o presidente John Elkann para retornar a Maranello na temporada 2022.

O papel de Todt seria diferente. Não mais um chefe ou diretor-executivo, algo que o jornal indica que não apela tanto ao atual presidente da FIA, mas um conselheiro. Algo como o que Niki Lauda fez pela Mercedes com o título de presidente não-executivo. Desta maneira, ninguém tem de perder o emprego se o interesse se transformar em negócio.

Jean Todt e Michael Schumacher tiveram uma relação positiva dentro e fora da F1: ganharam dez Mundiais juntos (Foto: Reprodução)

Publicidade

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Apesar de toda a história com a Ferrari, é um tanto peculiar ver o presidente da FIA conversar como uma equipe da Fórmula 1 para fazer parte de seus quadros em pouco tempo. Todt está na cadeira mais importante do automobilismo mundial desde que foi eleito, em 2009, quando venceu Ari Vatanen, o campeão mundial de rali. De lá para cá, foi reeleito outras duas vezes e atingiu o limite de reeleições.

Desta forma, a eleição para a presidência da FIA, marcada para o próximo dia 17, define quem será o sucessor de Todt. O francês ficará livre para seguir a vida.

Publicidade

A reportagem do jornal italiano, entretanto, alerta que ser apenas conselheiro talvez não baste: Todt gostaria de ser acionista da Ferrari. O veículo ainda lembra que Nicolas Todt, filho de Jean, é o empresário de alguns jovens pilotos na Europa. Entre eles, Charles Leclerc.

Paddockast #132: A vida, a obra e o legado de Frank Williams na Fórmula 1

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações