Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Confira declarações dos pilotos após sábado de classificação do GP de Mônaco 2022

Charles Leclerc vai largar na pole pela quinta vez em 2022. Na corrida de casa, piloto da Ferrari tem grande chance de retomar liderança do Mundial. Confira as declarações do sábado

28 mai 2022 17h59
Compartilhar
Charles Leclerc e Carlos Sainz formam a primeira fila em Mônaco
Charles Leclerc e Carlos Sainz formam a primeira fila em Mônaco
Foto: Ferrari / Grande Prêmio

FÓRMULA 1 2022 AO VIVO: LECLERC É POLE EM 1-2 DA FERRARI NO GP DE MÔNACO. VERSTAPPEN É 4º | Briefing

Correndo em casa, Charles Leclerc é o pole-position do GP de Mônaco. O piloto da Ferrari dominou a classificação realizada neste sábado (28) e vai largar em primeiro pela quinta vez na temporada 2022. Apesar de um acidente na reta final da sessão, Carlos Sainz completa a primeira fila inteiramente ferrarista no principado.

Publicidade

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Líder do campeonato, Max Verstappen vai largar apenas na quarta colocação com a Red Bull, atrás do companheiro de equipe Sergio Pérez, que também bateu na classificação. Lando Norris, da McLaren, fechou o top-5.

A Fórmula 1 continua com o GP de Mônaco do domingo, marcado para as 10h [de Brasília, GMT-3]. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Leclerc se defendeu da acusação de Marko e disse que não viu ponto de pesagem em Monte Carlo (Foto: Andrej Isakovic/AFP)

Publicidade

Confira as declarações dos pilotos:

Charles Leclerc, pole: Leclerc exalta ritmo da Ferrari em Mônaco e diz que "só precisava acertar volta"

Carlos Sainz, segundo: Sainz lamenta bandeira vermelha após acidente no Q3 em Mônaco: "É uma pena"

Sergio Pérez, terceiro: Pérez admite preocupação após batida em Mônaco: "Temos de ver se estaremos prontos"

Publicidade

Max Verstappen, quarto: Verstappen lamenta confusão no fim do Q3 em Mônaco, mas admite: "Pole era de Leclerc"

Lando Norris, quinto: Norris celebra 5º lugar no grid, mas evita sonhar com pódio: "Mônaco é diferente"

George Russell, sexto: Russell diz que 6º lugar em Mônaco é "motivo para vibrar" e torce: "Que venha a chuva"

Fernando Alonso, sétimo: Alonso quer corrida "caótica" com chuva em Mônaco e admite erro em batida no Q3

Publicidade

Lewis Hamilton, oitavo: Hamilton vê Mercedes 0s6 longe da Ferrari "mesmo com volta perfeita" em Mônaco

George Russell (Foto: Mercedes)

Sebastian Vettel, nono: Vettel acredita que clima é fator decisivo em Mônaco: "Corrida será loteria se chover"

Esteban Ocon, décimo: Ocon celebra Q3 em Mônaco após "sexta-feira de testes": "Sabia que o ritmo estava lá"

Publicidade

Yuki Tsunoda, 11º: "Muito decepcionante o treino de hoje. Bati no muro durante o Q1 e estragou a frente do carro. Embora a bandeira vermelha tenha nos permitido voltar aos boxes, o carro ainda tinha danos que afetaram meu desempenho, acredito. Infelizmente, isso também comprometeu a classificação de Pierre [Gasly] e ele não pôde passar do Q1, o que é uma pena, pois acho que ambos tínhamos potencial para estar no Q3 hoje. Para amanhã, nossas melhores chances de somar pontos é com chuva, então, vamos ver o que pode acontecer."

Valtteri Bottas, 12º: "Não esperava estar fora do Q3, mas de fato não fomos competitivos como esperávamos. Apesar de ter perdido uma das sessões de treino ontem, sinto que encontrei um bom ritmo com o carro, ele estava equilibrado e a última volta no Q2 também foi muito boa. Provavelmente, conseguimos o máximo que pudemos, embora tenha faltado um pouco de ritmo, no geral. É decepcionante, achei que poderia ser uma boa pista para nós, mas não estamos tão longe dos pontos. Amanhã será um longo dia, com ameaça de chuva também, então tudo pode acontecer. Espero trazer para casa mais um top-10."

Kevin Magnussen, 13º: "Tinha um bom ritmo e o carro parecia bom, mas isso não se confirmou no Q2. Largando nesta posição, gostaria que chovesse, para que a corrida tenha um tempero diferente e seja mais agitada para termos chance de avançar. O ritmo está lá, então, estou com os dedos cruzados torcendo para um dia molhado amanhã em Monte Carlo."

Daniel Ricciardo, 14º: "De fato, não foi o resultado que esperava. Tentei repetir o ritmo que tive no TL3, fizemos um ajuste fino para a classificação. No Q1 pareceu um pouco mais competitivo e acho que fizemos algumas voltas decentes, embora houvesse alguns erros aqui e acolá, mas o ritmo estava ali. Veio o Q2 e, enquanto todos conseguiram melhorar, tive de lutar para tirar mais do carro, estava no limite. Esperamos que a chuva venha amanhã."

Publicidade

Daniel Ricciardo (Foto: McLaren)

Mick Schumacher, 15º: "Foi um desempenho infeliz que tivemos em um grupo tão apertado. Acho que ficamos três ou quatro décimos do Q3, se fizesse um bom segundo setor, com certeza avançaríamos, mas tem dias que as coisas não acontecem. Perdemos muito tempo após o incidente no TL1, fiquei bastante com o pé atrás, mas senti que, especialmente para a classificação, o acerto não mudou e, pessoalmente para mim, parecia ser a direção certa e valeu a pena no sentido que vai certamente ajudar para a corrida. Vejamos onde terminaremos a prova, as condições climáticas parecem interessantes e isso pode ser um fator para somar pontos."

Alexander Albon, 16º: "Foi um resultado muito ruim, sinto que tínhamos muito mais a oferecer hoje. Em uma pista apertada como esta e a bandeira vermelha realmente atrapalhou nosso progresso. Estava satisfeito com as voltas que dei e o carro parecia bom, então, nessa perspectiva, é um dia ainda mais frustrante. Essas pistas de rua parecem se adequar ao nosso carro, então acho que todos esperávamos mais, mas amanhã é possível que o clima nos dê boas oportunidades."

Pierre Gasly, 17º: Gasly reclama de estratégia na classificação em Mônaco: "Boa chance jogada fora"

Publicidade

Lance Stroll, 18º: "Em primeiro lugar, quero agradecer a todos na equipe por consertarem meu carro após o treino. Foi um esforço enorme para colocar à tempo para a sessão de treino. Infelizmente, a classificação foi frustrante: saí da pista na curva 13, peguei na zebra e minha volta acabou. É uma pena, porque estava quatro décimos acima do meu melhor tempo até aquele momento. O carro tem potencial, por isso é decepcionante se classificar em 18º."

Nicholas Latifi, 19º: "Nas sessões de treinos livre,s nunca me senti confortável com o equilíbrio do carro e só na classificação consegui o que precisava. Isso significou que entrei nos treinos de classificação com um carro diferente tanto do TL1, como dos TL2 e TL3. Esse foi o típico caso de começar de novo para encontrar o ritmo. que foi muito melhor na classificação, estava descobrindo um carro que tinha muito mais potencial, porém, tivemos a bandeira vermelha no fim. É frustrante, sei que preciso melhorar e também precisamos entender esses problemas com o carro que não comprometam nossa classificação."

Guanyu Zhou, 20º: "Foi um resultante frustrante e decepcionante. A bandeira vermelha sendo aplicada segundos antes de terminar minha volta não permitiu que marcasse tempo com o segundo jogo de pneus e, em circuitos de rua como Mônaco, é letal. A lentidão dos carros à minha frente durante a saída do pit-lane me atrapalhou demais, não tive a possibilidade de fazer uma nova tentativa. Não é o fim de semana mais tranquilo da temporada, mas estou confiante de que podemos descobrir um caminho a seguir com a equipe. Precisamos dar o nosso melhor na corrida de amanhã e o clima pode ter um papel de protagonista, então vamos tentar salvar um bom resultado."

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Publicidade
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações