Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Albon vê amadurecimento com Williams e diz que quer "provar o que pode fazer" na F1

Alexander Albon falou sobre o futuro e manifestou o desejo de ficar na Fórmula 1 após o final do contrato com a Williams, embora ressalte que está no momento focado apenas em lutar por mais pontos na temporada 2022

28 jun 2022 - 10h30
Compartilhar
Alexander Albon voltou à F1 em 2022 e vem fazendo bom trabalho com o que a Williams pode oferecer
Alexander Albon voltou à F1 em 2022 e vem fazendo bom trabalho com o que a Williams pode oferecer
Foto: Williams / Grande Prêmio

Mesmo com um carro ruim, pode-se dizer que Alexander Albon já teve momentos de brilho na temporada 2022 da Fórmula 1. A primeira façanha do tailandês da Williams foi o ponto arrancado no GP da Austrália depois de uma estratégia ousada, retardando o pit-stop e mantendo-se na pista até a penúltima volta. Depois, o piloto conseguiu terminar na zona de pontuação novamente em Miami e ainda contou com uma punição dada a Fernando Alonso para fechar oficialmente em nono.

Com contrato assinado para duas temporadas — 2022 e 2023 —, Albon deu uma entrevista ao site Crash.net dizendo que está focado em permanecer mais tempo na categoria, mas tem buscado dar um passo de cada vez no trabalho junto à base em Grove.

Publicidade

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Alexander Albon (Foto: Williams)

"Do meu lado, só vejo as coisas a curto prazo", disse Albon. "Eu realmente me concentro apenas no tempo presente e, agora, me vejo como um piloto da Williams. Meu trabalho é extrair o máximo do carro e desenvolvê-lo da melhor maneira possível para que possamos lutar por pontos com mais regularidade e subir no campeonato", continuou.

"É assim que eu vejo as coisas. Meu foco é fazer o melhor trabalho possível. Sinto que este ano foi, até agora, melhor do que eu esperava. Espero continuar melhorando à medida que a química entre mim e a equipe fica cada vez mais forte", completou o piloto.

Publicidade

Com o mercado de pilotos para 2023 se definindo semana a semana, Albon foi questionado sobre o futuro com a Williams após o final do contrato e ressaltou que "quer ficar". "Acredito que tudo está correndo muito bem e quero ficar, esse é o meu objetivo. A temporada começou muito bem. Como equipe, não estivemos onde queríamos estar, mas aproveitamos ao máximo as oportunidades para marcar pontos quando não parecia possível", salientou.

Depois de ser rebaixado na Red Bull, ficando na reserva no ano passado, o contrato com a Williams trouxe em Albon uma sensação de "redenção", nas palavras do tailandês. "Quero provar às pessoas o que posso fazer. Claro que ainda é cedo na temporada, mas até agora, estamos indo muito bem. Definitivamente não tenho do que reclamar."

Em seguida, o #23 falou sobre o processo de amadurecimento que o ano longe do grid proporcionou, dizendo que se sente "muito mais confiante na pilotagem" e em "conexão com a Williams". "Parece que estamos no lugar certo e na hora certa. Sinto que amadureci e ganhei experiência e que sou um piloto melhor do que antes", finalizou.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Publicidade
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações