Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Atlético-MG publica nota de indignação após Mineirão brincar com chegada de Pavón: 'Inaceitável'

Perfil oficial do estádio fez alusão a episódio ocorrido ano passado

4 jul 2022 - 15h33
(atualizado às 16h45)
Compartilhar

O Atlético-MG ficou insatisfeito com uma brincadeira do perfil oficial do Mineirão nas redes sociais após o anúncio da contratação de Cristian Pavón. A conta do estádio postou "ai meus bebedouros", numa referência ao episódio de violência envolvendo o jogador em 2021 no mesmo Mineirão. Na época, o atacante atuava pelo Boca.

Pavón foi anunciado como reforço do Atlético-MG (Divulgação/Atlético-MG)
Pavón foi anunciado como reforço do Atlético-MG (Divulgação/Atlético-MG)
Foto: Lance!

O Galo publicou uma nota de indignação contra a brincadeira. O clube considerou que o comentário "ultrapassou o limite do bom senso".

Publicidade

- É inaceitável que o Mineirão se preste a papel como esse, diante de uma grande contratação para o futebol brasileiro, e que irá valorizar os espetáculos, inclusive no próprio Mineirão. O perfil do estádio ultrapassou o limite do bom senso e faltou com o respeito ao jogador e à nossa instituição - publicou o Atlético-MG.

O Galo afirmou ainda que o Mineirão deveria "focar as energias" em outros assuntos.

- O Mineirão deveria focar suas energias em prestar melhor serviço para os torcedores, dentro e fora do estádio; cuidar do estado do gramado; trabalhar junto às autoridades no sentido de buscar soluções para o trânsito caótico; e preocupar-se em rever os altos custos que os clubes têm para lá atuar, ao invés de buscar engajamento a qualquer preço, com postagens ofensivas e desrespeitosas, que só fazem desvalorizar o futebol mineiro - finalizou o clube.

Relembre o caso

Publicidade

A postagem do Mineirão remete ao confronto entre Atlético-MG e Boca Juniors pelas oitavas de final da Copa Libertadores de 2021. Na ocasião, jogadores e comissão técnica do Boca Juniors, descontentes com a eliminação do torneio e atuação da arbitragem, iniciaram uma confusão com parte da equipe do Galo e seguranças nos vestiários e acessos do Mineirão.

Na briga, além de ameaças e agressões, integrantes e comissão do time argentino atiraram bebedouros do estágio contra parte da equipe atleticana.

Por conta do episódio, a delegação do Boca Juniors passou a noite em uma delegacia de Belo Horizonte. Pavón foi um dos jogadores que receberam a maior pena pelo ocorrido: seis jogos de suspensão na Libertadores.

Publicidade

Cristian Pavón foi anunciado pelo Atlético-MG no último domingo (3), após uma espera de mais de seis meses pelo fim do contrato com o Boca Juniors. O jogador reforçará o Alvinegro em partidas do Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, caso o Galo se classifique contra o Flamengo, e deverá cumprir suspensão nos jogos da Libertadores.

Veja a nota do Atlético-MG na íntegra:

O Galo demonstra sua indignação com a postagem do perfil do Mineirão nas suas redes sociais, logo após o anúncio do atacante Pavón, feito ontem pelo Atlético.

Publicidade

É inaceitável que o Mineirão se preste a papel como esse, diante de uma grande contratação para o futebol brasileiro, e que irá valorizar os espetáculos, inclusive no próprio Mineirão.

O perfil do estádio ultrapassou o limite do bom senso e faltou com o respeito ao jogador e à nossa instituição.

O Mineirão deveria focar suas energias em prestar melhor serviço para os torcedores, dentro e fora do estádio; cuidar do estado do gramado; trabalhar junto às autoridades no sentido de buscar soluções para o trânsito caótico; e preocupar-se em rever os altos custos que os clubes têm para lá atuar, ao invés de buscar engajamento a qualquer preço, com postagens ofensivas e desrespeitosas, que só fazem desvalorizar o futebol mineiro.

Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações