+ de 1.000 cursos online para você ser tudo o que quiser por R$ 19,90/mês.

Preços do petróleo sobem 2% por ataque na Arábia Saudita e expectativa de estímulos

19 ago 2019 17h03
Compartilhar
comentários

Os preços do petróleo avançaram cerca de 2% nesta segunda-feira, após um ataque das forças iemenitas houthis a uma instalação de petróleo da Arábia Saudita no final de semana ameaçar a oferta petrolífera, enquanto operadores continuam buscando sinais de que as principais economias do mundo tomarão medidas para contra-atacar uma desaceleração global.

Museu Drake Well , Pensilvânia 5/10/2017 REUTERS/Brendan McDermid
Foto: Reuters

O petróleo Brent, valor de referência global, fechou a 59,74 dólares por barril, avançando 1,10 dólar, ou 1,88%.

publicidade

Os contratos futuros do petróleo dos Estados Unidos encerraram a sessão a 56,21 dólares o barril, alta de 1,34 dólar, ou 2,44%.

Sinais de uma leve suavização na guerra comercial entre EUA e China, incluindo uma concessão do governo norte-americano para que a chinesa Huawei [HWT.UL] adquira suprimentos de empresas norte-americanas, também ajudaram nos preços do petróleo. [nL2N25F0DL]

Um ataque por drones do grupo houthi a um campo petrolífero no leste da Arábia Saudita no sábado causou um incêndio em uma instalação de gás, ampliando as tensões no Oriente Médio, mas a estatal Saudi Aramco afirmou que a produção de petróleo não foi afetada.

"O mercado do petróleo parece estar precificando novamente um prêmio por risco geopolítico após os ataques de drones à Arábia Saudita no fim de semana, mas o prêmio pode não se sustentar caso isso não resulte em alguma interrupção de oferta", disse Giovanni Staunovo, analista de petróleo da UBS.

publicidade
Fique por dentro das principais notícias
Receba notificações
Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
publicidade
Últimas de Economia