Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Peugeot e Citroën trazem novos furgões elétricos ao Brasil e aquecem mercado de utilitários

Modelos para transporte sem emissões de curta distância, o e-Expert e o e-Jumpy disputam principalmente as entregas do e-commerce, mercado que teve receita de R$ 24 bilhões em 2020; montadoras devem competir com BYD, JAC Motors e Renault

29 nov 2021 20h03
| atualizado às 20h37
Compartilhar

A Peugeot e a Citroën, marcas francesas pertencentes ao grupo Stellantis - também dono da Fiat e da Jeep - inicia no Brasil as vendas dos furgões elétricos e-Expert e e-Jumpy para disputar principalmente o mercado de transporte de produtos adquiridos pelo e-commerce.

Atualmente, cerca de 68 milhões de pessoas fazem compras de forma online e, em 2020, esse negócio teve receita de R$ 24 bilhões, montante que deve crescer 10% ao ano daqui para frente, segundo estimativas do setor. Além disso, há um forte movimento de preservação do meio ambiente, e consumidores dão preferência à empresas que utilizam transporte limpo nas entregas.

Publicidade
Furgão elétrico da Citroën, E-Jumpy chega ao Brasil importado da França
Foto: Peugeot/Divulgação / Estadão

Segundo Antonio Filosa, presidente da Stellantis América Latina, pesquisas indicam que 63% dos consumidores no mundo todo querem adquirir produtos de empresas que tenham ações voltadas à preservação ambiental. Os dois modelos da Peugeot e da Citroën foram lançados na Europa mo fim de 2017 e já venderam 25 mil unidades até agora.

Importados da França, os dois furgões têm preços iguais, de R$ 330 mil. Ambos têm autonomia para rodar até 330 km com uma carga cheia de bateria e capacidade de carga de até 1 tonelada. As baterias de íon lítio ficam no assoalho dos veículos, para não comprometer o espaço de cargas.

Katia Ribeiro, responsável pela área de utilitários elétricos da Stellantis, ressalta que no momento há cerca e 750 postos de recarga de energia no País. Inicialmente as marcas têm dois centros para vendas e atendimento pós-venda dos veículos elétricos, um em São Paulo e outro no Rio. "Até maio do próximo ano teremos 10 e-centers", informa Felipe Daemon, responsável no País pela Peugeot.

Furgão elétrico e-Expert roda até 330 km com uma carga completa de bateria
Foto: Peugeot/Divulgação / Estadão

Disputa por mercado

Os furgões franceses vão disputar mercado no Brasil com os chineses BYD eT3 (com capacidade para até 729 quilos de carga e autonomia de 300 km) e o recém-lançado eEV750V da JAC Motors, que na versão para cargas custa R$ 420 mil, mas carrega até 1,5 tonelada de cargas e tem 235 km de autonomia. Outro concorrente, mas de menor porte, é o Renault Kangoo E-Tech, com capacidade para 650 quilos de carga e 200 km de autonomia.

Publicidade

O e-Expert é o segundo veículo elétrico lançado pela Peugeot no Brasil. Em setembro, a marca apresentou o e-208 GT, um hatch compacto que já teve mais de 600 unidades vendidas. A Citroën promete outros modelos com essa tecnologia para o País.

Vanessa Castanho, responsável pela marca Citroën na América Latina, diz que há estudos, inclusive, para importação do minicarro My Ami, para duas pessoas. "Na França não é preciso ter nem carteira para dirigir o My Ami e até jovens a partir de 14 anos podem conduzi-lo, pois é mais seguro que uma motocicleta." A questão, afirma ela, é que seriam necessárias alterações na legislação brasileira.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações