Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Energia e serviços pressionam inflação na zona do euro em como esperado

17 jun 2021 07h44
Compartilhar

Uma forte alta nos preços da energia e serviços mais caros elevaram a inflação ao consumidor na zona do euro em maio como esperado, confirmaram dados nesta quinta-feira, levando a taxa de alta dos preços pouco acima da meta do Banco Central Europeu.

Mercado local em Nice, FrançaMarch 4, 2021. REUTERS/Eric Gaillard
Foto: Reuters

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, confirmou que a inflação nos 19 países que usam o euro subiu 0,3% em relação ao mês anterior e 2,0% na comparação anual, como estimado mais cedo.

Publicidade

O BCE quer manter a inflação abaixo, mas perto de 2%.

Os preços da energia contribuíram com 1,9 ponto percentual para o dado anual e serviços com 0,45 ponto. Alimentos, álcool e tabaco acrescentaram 0,15 ponto.

Sem os componentes mais voláteis de energia e alimentos, ou o que o BCE chama de núcleo da inflação, os preços subiram 0,2% em maio sobre abril e 0,9% na comparação anual.

Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações